Pernambuco

Valor de quase R$ 6 milhões em 72 carros de luxo para deputados poderia ser revertido com leitos e insumos aos hospitais

Licitação aberta na Alepe chama atenção da população pernambucana para a quantidade de veículos e as exigências estabelecidas visando atender a locomoção dos parlamentares e servidores da Casa Legislativa.

O valor de quase R$ 6 milhões que poderá ser gasto pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) em licitação aberta no último dia de 18 de março para “locação de veículos, afim de atender às demandas de locomoção” da instituição, chama atenção da população pernambucana.

Serão locados 72 automóveis no total, dentre eles 49 SUVs (exatamente a mesma quantidade de deputados estaduais em exercício). As exigências e características de itens apontadas, assim como o valor total do aviso de licitação causaram surpresa.

A justificativa para o edital, mesmo durante o período de pandemia, é que a “locação de veículos pretendida pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) visa atender as demandas de locomoção das autoridades parlamentares e dos servidores desta Casa Legislativa, no desenvolvimento de suas atividades precípuas”.

Pernambuco passa por um dos momentos mais difíceis da pandemia do novo Coronavírus com crescente número de pessoas infectadas e mortas pela doença, tanto é, que o governador Paulo Câmara (PSB), decretou de 18 a 28 de março, uma nova quarentena permitindo o funcionamento apenas dos serviços considerados essenciais.

O sistema de Saúde não consegue suportar o atual cenário e a falta de leitos de UTI só cresce. Com esta situação, cabe uma pergunta aos deputados: o valor de quase R$ 6 milhões não poderia ser revertido para dedicação de novos leitos de UTI e compra de insumos nos hospitais públicos?

Leia também:
>>> Alepe irá gastar quase R$ 6 milhões para trocar carros de Deputados de Pernambuco

Características e exigências dos carros de luxo

Entre as exigências para 49 carros SUVs, no edital oficial: veículo tipo SUV com 04 (quatro) portas; capacidade para 05 (cinco) passageiros, motor diesel turbo com no mínimo 1.590 cilindradas e potência mínima 156 CV; 04 cilindros; zero quilômetro; ano de fabricação 2021; na cor prata ou similar; Airbag frontal; ajuste de volante de altura e profundidade; alarme antifurto perimétrico; apoio de braço para o motorista; ar condicionado; bancos revestidos em couro; banco do motorista com regulagem de altura; banco traseiro bipartido 60/40 e rebatível.

Também constam como requisitos: câmera de estacionamento traseira; comandos do sistema de áudio e bluetooth no volante; computador de bordo; controle de estabilidade (ESC); direção hidrálica ou elétrica; faróis de neblina; freios a disco nas 4 rodas com ABS; retrovisores elétricos; controle elétrico dos vidros; travas elétricas; câmera traseira para manobra; sistema multimídia; câmbio automático; rodas liga leve.

Segundo o edital oficial, o custo poderá alcançar até R$ 5,8 milhões (cinco milhões e oitocentos mil reais). O valor pode diminuir com a disputa entre as empresas interessadas. O contrato que será assinado terá prazo de 12 meses, segundo o edital oficial.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal