Pesar

Prefeito do interior pernambucano lamenta morte de criança por Covid-19

O garoto chegou a dar entrada, na segunda-feira, 15 de março, na UPA 24h com complicações respiratórias, onde foi entubado e recebeu todos os cuidados necessários antes de ser transferido para a capital pernambucana.

O prefeito de Belo Jardim, Gilvandro Estrela, lamenta e se solidariza com os familiares do garoto de nove anos que veio a óbito na quarta-feira, 17 de março, no Recife.

“É um acontecimento que nos entristece muito. Desejo força aos familiares e que Deus possa consolar o coração de cada um nesse momento tão difícil e doloroso”, disse.

A criança chegou a dar entrada, na segunda-feira, 15 de março, na UPA 24h com complicações respiratórias, onde foi entubado e recebeu todos os cuidados necessários antes de ser transferido para a capital pernambucana.

O garoto morava em Vila Nova, zona rural de Belo Jardim. A causa da morte ainda não foi confirmada. De acordo com a secretária de Saúde, Aline Cordeiro, ele tinha um histórico de doenças de base.

Leia mais:
>>> Belo Jardim tem redução no recebimento do FPM em mais de R$ 2 milhões em relação ao mês anterior

Acordo

O prefeito de Belo Jardim, Gilvandro Estrela, fechou mais um acordo histórico para pagamento de dívidas da Prefeitura, dessa vez, com a Compesa. O acordo foi realizado na manhã desta segunda-feira, dia 08, em reunião com representantes da companhia, o prefeito e o secretário de gestão, Laércio Lemos.

O acordo entre a prefeitura e a Compesa gira em torno de R$ 650 mil reais. O valor será parcelado em 38 prestações mensais de aproximadamente R$ 16 mil, mais o consumo normal. A formalização do acordo é mais uma demonstração de compromisso com a coisa pública e seriedade do governo Gilvandro Estrela.

“Mais uma dívida deixada pelas antigas gestões que vamos quitar. Fizemos muito em apenas dois meses de gestão e teríamos feito muito mais, se não tivéssemos que arcar com os débitos dos outros”, afirmou o prefeito.

Os débitos encontrados pela atual gestão nas contas públicas municipais ultrapassam a casa dos R$ 90 milhões. Entre as principais dívidas estão as pendências com a Celpe (que a prefeitura já fez acordo) no valor de R$ 4,3 milhões. Já o Belo Jardim Prev tem um débito de R$ 19 milhões, além da dívida com o INSS orçada em R$ 27 milhões.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura de Belo Jardim

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal