Declaração

“O choro é livre”: diz Maju Coutinho no Jornal Hoje sobre quem é contra as medidas de restrição de circulação

Fala da jornalista e âncora ocorreu durante o Jornal Hoje da última terça-feira, 16 de março de 2021.

Na última terça-feira, 16 de março, a jornalista Maria Júlia Coutinho, mais conhecida como Maju, afirmou que o “choro é livre” para as pessoas que são contra as novas medidas de restrição adotadas para combater à Covid-19.

Veja o vídeo:

“As medidas restritivas de circulação estão se espalhando e os especialistas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis agora para conter a circulação do vírus. O choro é livre. Não dá para reclamar. É isso que tem”, afirmou Maju.

Leia também:
>>>Pernambuco amanhece em lockdown para combater avanço da Covid-19

Depois da polêmica tomar conta das redes sociais, a Rede Globo se manifestou sobre o caso. De acordo com a emissora carioca, por mais duras que tenham sido, as palavras foram necessárias e reforçam que a jornalista também torce para que o governo auxilie os empresários e famílias do Brasil.

“Maria Julia Coutinho quis dizer ontem que, por mais amargas que sejam, as medidas de isolamento social são necessárias. Sobre a dor daqueles que precisam manter seus negócios fechados, assunto abordado no Jornal Hoje desta quarta-feira, Maria Julia Coutinho disse ao final da reportagem: ‘Desejo também agilidade do governo e do Congresso para atender os empresários e também as famílias que estão aguardando auxílio emergencial’”, escreveu a Globo por meio de nota ao site Metrópoles.

Nas últimas semanas, governos estaduais estão tomando medidas mais rígidas para conter o avanço da Covid-19. Ações como toque de recolher e Lockdown foram algumas medidas adotadas pelos gestores estaduais. O Brasil vive o pior momento da pandemia do novo coronavírus desde o início da pandemia com recordes no número de mortes, altos números de casos confirmados e taxas de ocupação nos leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) acima dos 90% em algumas unidades federativas.

Em Pernambuco, por exemplo, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgou na última quarta-feira, 17 de março, o Estado confirmou 2.245 novos casos da Covid-19. Ao todo, o Estado soma 323.176 confirmações.

Também foram confirmados, por exames, 39 novos óbitos registrados entre os dias 02/02/2021 e 16/03/2021. Com isso, o Estado totaliza 11.510 mortes pela doença. A partir desta quinta-feira (18), medidas mais rígidas passam a valer em todo o território estadual. Apenas serviços considerados como essenciais podem funcionar até o dia 28 de março.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal