Pernambuco

Geraldo Julio intensifica diálogos com setores econômicos para planejar a retomada da economia

Secretário de Desenvolvimento Econômico tem sido o canal entre os segmentos da economia e Estado e, a partir de agora, direciona a atenção para o retorno das atividades pós-quarentena.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Geraldo Julio, vem intensificando a conversa com a representação das principais atividades econômicas do Estado para alinhar os próximos passos do funcionamento da economia durante a pandemia.

O debate principal tem se voltado para o planejamento da retomada dos segmentos que precisarão suspender as operações durante a quarentena decretada pelo Governo do Estado, de 18 a 28 de março. Apenas serviços essenciais poderão funcionar durante o período.

Geraldo, Geraldo Julio intensifica diálogos com setores econômicos para planejar a retomada da economia
Geraldo em reunião. Foto: Andréa Rêgo Barros/ SDEC

Desde que assumiu a pasta de Desenvolvimento Econômico, em janeiro deste ano, Geraldo Julio tem se aproximado dos setores produtivos para desenhar os projetos em conjunto com os agentes privados e se colocar à disposição como um canal ativo do governo.

Leia mais:
>>> Em Pernambuco, secretário Geraldo Julio reafirma parceria entre Sdec e Porto Digital

Durante esta quarta-feira (18), o titular da pasta reuniu-se remotamente com os presidentes da Federação das Indústrias de Pernambuco, Ricardo Essinger; da Fecomércio-PE, Bernardo Peixoto; da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas de Pernambuco (FCDL-PE), Eduardo Catão; do Movimento Pró-Pernambuco (MPP), Avelar Loureiro; da Associação Pernambucana de Shopping Centers (Apesce), Paulo Carneiro; e do Lide-PE, Drayton Nejaim.

“Temos nos encontrado com todos os setores produtivos desde o início deste ano. Continuamos com a pauta de focar no desenvolvimento do Estado e pensar na retomada dos setores produtivos de Pernambuco. A dinâmica é diária, pois precisamos superar as consequências negativas causadas pelo coronavírus na nossa economia e, em paralelo, buscar caminhos para destravar gargalos gerados e acelerar a recuperação e o crescimento nas cidades”, declara o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Geraldo Julio.

Colaboração

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Geraldo Julio, e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) assinaram na quinta-feira, 11 de março, um Acordo de Cooperação Técnica para estudo e implementação de estratégias de gestão e preservação dos recursos naturais, patrimoniais e histórico-culturais do Complexo Industrial e Portuário de Suape.

Além do secretário, participaram do encontro virtual o presidente do ancoradouro, Roberto Gusmão, e representantes da Unesco. O alvo são áreas de interesse dentro do território de Suape, especialmente o Parque Metropolitano Armando de Holanda Cavalcanti (PMAHC). O investimento total será de R$ 5.724.600 e a duração prevista é de três anos.

“Acreditamos que o desenvolvimento econômico precisa caminhar em conjunto com o desenvolvimento socioambiental do território. Temos implantado diversos projetos nesse sentido e essa nova parceria com a Unesco reforça o compromisso de nossa gestão não só com a preservação dos recursos ambientais e culturais do território, mas sobretudo com a inclusão socioprodutiva das comunidades nas soluções a serem implantadas. Nosso objetivo é que as comunidades consolidadas possam tirar o sustento do local onde vivem, ao mesmo tempo em que ajudam a preservá-lo”, afirma Geraldo Julio.

Da redação do Portal com informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal