Luto

Em meio à pandemia, três senadores já morreram vítimas de covid-19 no Brasil

A vítima mais recente, Major Olimpio morreu na tarde desta quinta-feira (18).

A pandemia da Covid-19 vive o momento mais crítico no Brasil. Em diários aumentos no número de mortes e o Brasil se tornando o país mais letal do mundo no momento, ultrapassando as mortes diárias nos Estados Unidos.

Com a morte do senador Major Olimpio nesta quinta-feira (18), sobe para três o número de senadores que morreram em decorrência da doença que assola o mundo. Os senadores Arolde de Oliveira e José Maranhão também não resistiram à doença.

Ver mais:

>> Morre o senador Arolde de Oliveira, vítima de Covid-19, aos 83 anos

>> Senador José Maranhão morre aos 87 anos de covid-19

>> Senador Major Olimpio morre de Covid-19

Arolde de Oliveira

O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ), morreu aos 83 anos, na noite do dia 21 de outubro do ano passado, vítima de falência múltipla de órgãos, em decorrência da Covid-19. O senador contraiu o vírus ainda em setembro e no início de outubro precisou ser internado em função da doença.

A morte de Arolde foi anunciada pela sua assessoria por meio de nota divulgada por sua família:

“Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos.” (Salmos 116:15)

José Maranhão 

O senador José Maranhão (MDB-PB), de 87 anos, morreu no último dia 8 de fevereiro em São Paulo em decorrência de complicações da covid-19. Nesta segunda, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG),  decretou luto oficial de 24 horas pela morte do senador paraibano.

Após votar no segundo turno das eleições municipais, o senador passou mal e foi levado ao hospital para fazer exames. No dia 3 de dezembro, ele foi transferido para o Hospital Nova Star, em São Paulo, com insuficiência respiratória provocada pela covid-19, quadro que evoluiu para uma pneumonia viral.

O corpo de José Maranhão será levado para Araruna (PB), sua cidade natal, onde ele será enterrado.

José Maranhão era o senador mais velho da atual legislatura. Sua suplente, Nilda Gondim (MDB-PB), vai assumir a vaga de Maranhão no Senado. Desde janeiro, Nilda Gondim estava exercendo o cargo. O mandato da chapa vai até 2021.

Major Olimpio

O senador Major Olimpio (PSL) morreu, aos 58 anos na tarde desta quinta-feira, 18 de março, após ser internado com covid-19. As redes sociais de Olimpio comunicaram a morte cerebral dele  e informaram que a família estará verificando quais órgãos serão doados.

“Com muita dor no coração, comunicamos a morte cerebral do grande pai, irmão e amigo, Senador Major Olimpio. Por lei a família terá que aguardar 12 horas para confirmação do óbito e está verificando quais órgãos serão doados. Obrigado por tudo que fez por nós, pelo nosso Brasil”, escreveu no twitter.

O senador Sérgio Olímpio Gomes, conhecido como Major Olímpio (PSL), estava internado desde o dia 2 de março no Hospital São Camilo, na capital paulista, e no dia 5 de março foi transferido para uma unidade de tratamento intensivo (UTI).

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal