Saúde

Prefeito de Belo Jardim fará pronunciamento sobre o decreto do Governo do Estado nesta quarta-feira (17)

O decreto estadual 50.433/2021 que proíbe as atividades econômicas não essenciais em todo o território de Pernambuco.

O Prefeito de Belo Jardim, Gilvandro Estrela, irá se pronunciar oficialmente nesta quarta-feira, dia 17, às 19h, sobre o decreto estadual 50.433/2021 que proíbe as atividades econômicas não essenciais em todo o território de Pernambuco.

O pronunciamento do prefeito irá acontecer de maneira remota e será transmitido pelo Instagram oficial da prefeitura municipal (@prefbelojardim) e pelo Facebook do blog Se Liga e do Portal de Notícias do BJ1.

Na oportunidade, irão participar a Secretaria de Saúde, Aline Cordeiro e o Procurador Geral do município, Eduardo Danda. Na transmissão, serão anunciadas à população as medidas adotadas pela prefeitura municipal no combate a Covid-19.

Ver mais:

>> Prefeito de Belo Jardim fecha acordo histórico com a Compesa

>> Belo Jardim tem redução no recebimento do FPM em mais de R$ 2 milhões em relação ao mês anterior

>> Prefeito de Belo Jardim garante desconto de até 100% para regularizar IPTU inadimplente

Acordo 

O prefeito de Belo Jardim, Gilvandro Estrela, fechou mais um acordo histórico para pagamento de dívidas da Prefeitura, dessa vez, com a Compesa. O acordo foi realizado na manhã de segunda-feira, dia 08, em reunião com representantes da companhia, o prefeito e o secretário de gestão, Laércio Lemos.

O acordo entre a prefeitura e a Compesa gira em torno de R$ 650 mil reais. O valor será parcelado em 38 prestações mensais de aproximadamente R$ 16 mil, mais o consumo normal. A formalização do acordo é mais uma demonstração de compromisso com a coisa pública e seriedade do governo Gilvandro Estrela.

“Mais uma dívida deixada pelas antigas gestões que vamos quitar. Fizemos muito em apenas dois meses de gestão e teríamos feito muito mais, se não tivéssemos que arcar com os débitos dos outros”, afirmou o prefeito.

Os débitos encontrados pela atual gestão nas contas públicas municipais ultrapassam a casa dos R$ 90 milhões. Entre as principais dívidas estão as pendências com a Celpe (que a prefeitura já fez acordo) no valor de R$ 4,3 milhões. Já o Belo Jardim Prev tem um débito de R$ 19 milhões, além da dívida com o INSS orçada em R$ 27 milhões.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura de Belo Jardim 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal