Questionamento

Petrolina: Vereador faz denúncia ao MPPE por não ter respostas sobre falta de remédios em Unidades Básicas de Saúde

O parlamentar professor Gilmar Santos (PT), alega que ficou sem respostas da Secretaria de Saúde da cidade sobre o desabastecimento de medicamentos nas farmácias das UBSs.

O vereador professor Gilmar Santos (PT) promoveu recentemente a entrega de um ofício junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) tendo como finalidade a busca de explicações junto à Secretaria de Saúde de Petrolina, no sertão do estado, sobre o desabastecimento das farmácias das UBS – Unidades Básicas de Saúde.

Em determinada sessão presencial da Câmara de Petrolina, o parlamentar apresentou um requerimento, solicitando esclarecimentos à pasta da Saúde do município sobre o problemas da falta de medicamentos, explorado pela população junto à imprensa e constatado por ele próprio em visitas que fez em alguns postos de saúde.

O vereador solicitou as informações diante, primeiro por ser prerrogativa de qualquer vereador que responder as demandas trazidas pela comunidade. E para esclarecer o problema em segundo lugar. Conforme Gilmar, o Portal da Transparência da Prefeitura de Petrolina não disponibiliza as informações para que ele possa transmitir a quem o procura.

Também para responder as inúmeras queixas dos petrolinenses em veículos de comunicação da cidade sobre o problema, queixas que chegam constantemente ao seu gabinete.

De ampla maioria na Casa Plínio Amorim, a bancada do governo com 19 vereadores, rejeitou o texto de Gilmar, argumentando que a Comissão de Saúde do legislativo já acompanhava a situação. Os situacionistas tiveram até o apoio de dois dos três vereadores que integram a bancada da oposição no legislativo petrolinense: vereadores Samara da Visão (PSD) e Elismar Gonçalves (Podemos), segundo informou Gilmar.

Leia também:
>>> Petrolina atinge 100% de ocupação das UTIs e prefeito faz pregão eletrônico milionário para comprar material gráfico

O líder da bancada da oposição, vereador Marquinhos do N-4 (Podemos) não estava no plenário no momento da votação do requerimento. A reportagem do Portal Tribuna Nordeste chegou a manter contato com os dois oposicionistas, em busca do posicionamento deles que foi de encontro ao colega Gilmar, de oposição como eles na Casa.

Samara disse que não foi contra, desmentindo Gilmar. Já Elismar confirmou a rejeição ao requerimento do petista, mas ficou de retornar para explicar porque foi contrário ao requerimento. Elismar esclareceu ainda que ele e os colegas, Marquinhos do N-4, e Samara da Visão, estariam em busca destas respostas, num encaminhamento diferente do de Gilmar. Até o momento essa cobrança conjunta ainda não foi anunciada.

Entretanto, as reclamações da população continuaram, diante da inexistência destes medicamentos. Os relatos por telefones e contatos de whastsapp junto aos veículos de imprensa da cidade, são constantes, denunciando a falta até de marcas como A-S nos postos.

DENÚNCIA NO MPPE

Mas, Gilmar se movimentou e protocolou denúncia e solicitação ao Ministério Público de Pernambuco – MPPE.

“Fizemos a denúncia na semana passada e solicitamos providencias. Tem pacientes diabéticos e hipertensos sofrendo com a falta destes medicamentos, sem falar outros insumos que estão em falta nas unidades”, diz Gilmar em trecho do vídeo.

Confira o vídeo do vereador que explica o motivo no qual encaminhou a denúncia e o que espera dos promotores na busca por explicações e soluções diante do desabastecimento das farmácias nas UBS de Petrolina.

Da redação do Portal com informações da Tribuna Nordeste

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal