Solicitação

Vereador do Recife pede que as óticas entrem na lista de serviços essenciais

O vereador Hélio Guabiraba ressaltou que quem depende de óculos não terá sequer como fazer uma manutenção durante a quarentena, caso precise.

Com o anúncio da quarentena em todo o território pernambucano a partir desta quinta (18), o vice-presidente da Câmara Municipal do Recife, vereador Hélio Guabiraba (PSB), se pronunciou em defesa do segmento ótico.

Na reunião ordinária desta terça (16), o socialista fez um apelo direcionado ao Governo de Pernambuco e à Prefeitura do Recife de forma que as óticas sejam incluídas na lista de serviços essenciais.

O vereador Hélio Guabiraba ressaltou que quem depende de óculos não terá sequer como fazer uma manutenção durante a quarentena, caso precise.

“Também temos que lembrar a impossibilidade dos profissionais usuários de óculos de trabalhar diante da quebra ou perda do equipamento; entre eles, os profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate à pandemia”, ressaltou.

Ver mais:

>> Posto de primeiro-secretário da Câmara do Recife será disputado por Hélio Guabiraba

O vice-presidente da Casa de José Mariano também argumentou que a ausência dos óculos também pode causar quedas domésticas e acidentes de trânsito, principalmente entre idosos.

“Por isso, é urgente que este apelo seja atendido. Óticas são, sem dúvida, essenciais, pois trata da saúde visual”.

Em junho do ano passado, Hélio Guabiraba foi o primeiro vereador a debater o assunto na Câmara do Recife. Na ocasião, ele chegou a fazer um apelo ao então prefeito Geraldo Julio e ao governador Paulo Câmara para dar prioridade às óticas no plano de reabertura das atividades econômicas. O apelo, na época, foi atendido.

Na reunião ordinária desta terça-feira (16), o parlamentar ainda reforçou a importância de cada um fazer a sua parte no combate à pandemia.

Da redação do Portal com informações da Assessoria do vereador Hélio Guabiraba

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal