Meio Ambiente

Prefeitura do Cabo, CPRH e Cipoma realizam autuações em construções irregulares na Mata de Camaçari

A Reserva de Floresta Urbana (Furb) Mata de Camaçari possui uma área de 223,3 hectares e, através da Lei nº 14.324, foi categorizada, em 2011, como Furb, para preservar a fauna e flora da região.

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e a 1ª Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) realizaram uma fiscalização de enfrentamento a crimes ambientais e construções irregulares na Reserva de Floresta Urbana (Furb) Mata de Camaçari, próximo à praia de Itapuama. Houve três autuações e duas demolições.

A ação aconteceu na última quinta-feira (11) e contou com agentes da guarda municipal, ambiental e do controle urbano. De acordo com o superintendente de Controle Urbano, João José Félix, a Prefeitura vem trabalhando para intensificar o combate às construções irregulares em áreas de preservação ambiental.

“Estamos trabalhando em conjunto com a Secretaria Executiva de Meio Ambiente, CPRH e Cipoma para coibir construções irregulares no município. É importante que a população se conscientize sobre essas edificações ilegais”.

A Reserva de Floresta Urbana (Furb) Mata de Camaçari possui uma área de 223,3 hectares e, através da Lei nº 14.324, foi categorizada, em 2011, como Furb, para preservar a fauna e flora da região. A Unidade de Conservação apresenta o Bioma Mata Atlântica em estágio médio de regeneração.

Obra

Atendendo a um pedido de comerciantes, a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, através da Secretaria de Coordenação Regional e Serviços Públicos, realizou nesta semana a troca de tubulação para o melhoramento do sistema de saneamento básico da Rua José Joaquim da Silva, no bairro de Ponte dos Carvalhos.

Além da troca das tubulações com tubos revestidos, foi feito o revestimento no local com concreto e também recapeamento asfáltico. Para a execução da obra foi utilizada retroescavadeira, uma caçamba e um rolo compressor.

“O sistema não estava mais dando conta. Os tubos antigos estavam todos danificados. Sempre quando chovia, a rua alagava. A nova tubulação vai suprir as necessidades dessa área”, disse o gerente da Regional 3 de Ponte dos Carvalhos, Marcos Antônio.

Ver mais:

>> Prefeitura do Cabo realiza ações de prevenção às chuvas em toda cidade

>> No Cabo, mutirão passa a vacinar pessoas a partir de 75 anos de idade contra Covid

>> Prefeitura do Cabo recebe R$1,1 milhão em emenda parlamentar destinados a saúde

Além dos serviços da Rua José Joaquim da Silva, a secretaria também fez uma nova tubulação com 30 tubos de 150 mm de espessura, na Rua Nossa Senhora de Fátima, também em Ponte dos Carvalhos. A obra atendeu a uma reivindicação de moradores da localidade. Quando chovia, as águas invadiam a casa de um dos moradores.

“Todos os dias eu e minha família passamos pelo transtorno de nossa casa ficar alagada pela a água da tubulação, que estava entupida e danificada. Agradeço ao prefeito Keko do Armazém por ter realizado este serviço”, disse Messias Francisco Simões, morador da localidade há 30 anos.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal