Saúde

Pernambuco reforça rede de assistência com 75 novos respiradores

Serão enviados para os hospitais regionais de Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Salgueiro e Palmares, além do Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada.

Durante a coletiva de imprensa realizada na última segunda-feira, 15 de março, o Governo de Pernambuco anunciou que recebeu mais 75 respiradores para reforçar a rede de assistência aos pacientes suspeitos e confirmados da Covid-19. De acordo com secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, Os novos equipamentos serão enviados para os hospitais regionais de Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Salgueiro e Palmares, além do Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada.

Recentemente, a Secretaria de Saúde já tinha adquirido outros 79 respiradores totalizando 519 desde o início da pandemia. Ainda são esperados mais 75 aparelhos nos próximos dias.

A Secretaria de Saúde também detalhou a abertura de mais leitos de UTI em todo o Estado. Na última semana, 180 novas vagas foram disponibilizadas, e ao todo já são 2.321 leitos no território pernambucano, sendo 1.253 de UTI.

Leia também:
>>> Pernambuco vive expectativa de novas medidas mais duras de restrição

Quarentena mais rígida no Estado

Paulo Câmara, governador de Pernambuco, determinou, após análise do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, que a partir da próxima quinta-feira, 18 de março, até o dia 28 de março, todo o território estadual entrará em lockdown, sendo permitidas, apenas, atividades essenciais.

A decisão, comunicada pelo governador Paulo Câmara em pronunciamento, tem o objetivo de conter o novo avanço da doença, que pressiona o sistema de saúde do Estado, registrando atualmente uma taxa de ocupação de UTI acima dos 95%.

Durante o período de quarentena, ficarão proibidos de funcionar os serviços de bares e restaurantes; shoppings e galerias comerciais; óticas; salas de cinema e teatros; academias; salão de beleza e similares; comércio varejista de vestuário, calçados, eletroeletrônicos e linha branca, cama, mesa e banho e produtos de armarinho; escolas e universidades (públicas e privadas); clubes sociais, esportivos e agremiações; práticas e competições esportivas; praias, parques e praças; ciclofaixas de lazer, eventos culturais e de lazer, além dos sociais. Igrejas e demais templos religiosos poderão abrir para atividades administrativas e para preparação e realização de celebrações via internet.

“Estamos em um novo pico da crise e de ameaça crescente. É preciso reverter essa tendência para proteger cada vida e vencer. Adotamos novas medidas sociais e econômicas buscando reduzir o impacto da pandemia, mesmo diante de uma crise que também atinge o governo”, destacou Paulo Câmara, ressaltando que uma decisão nesse sentido não é simples, mas não pode haver omissão de nenhuma das partes envolvidas. “Nenhum governo vai vencer essa doença sozinho. Só é possível superar a pandemia se cada pessoa, família, empresa, cada um de nós for agente de proteção, de cuidado, guerreiros e guerreiras da vida”, reforçou.

Pandemia em Pernambuco

De acordo com os dados do Governo de Pernambuco, o Estado confirmou na segunda, dia 15/03, 921 novos casos da Covid-19. Ao todo, o Estado soma 318.449 confirmações (33.627 graves e 284.822 leves). O boletim também registra mais 637 pessoas recuperadas da doença, totalizando 273.219 curas.

Também foram confirmados, por exames, 28 novos óbitos registrados entre os dias 21/10/2020 e 14/03/2021. Com isso, o Estado totaliza 11.411 mortes pela doença.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal