Manifestação

Bolsonaristas do Recife realizam carreata contra Lula neste domingo (14)

Os organizadores pedem que os carros e motos compareçam com bandeiras do Brasil.

Um grupo de eleitores do presidente Jair Bolsonaro está convocando uma carreata no Recife para este domingo (14). A concentração acontecerá às 13h, na pista local da Av. Visconde de Jequitinhonha, por trás do parque Dona Lindu.

A manifestação no Recife tem como pauta apoiar o presidente Jair Bolsonaro, repudiar a anulação das condenações de Lula pelo STF e protestar contra o lockdown e as medidas que restringem diversas atividades profissionais.

Ver mais:

>> Carreatas anticonfinamento e pró-Bolsonaro se repetem pelo país

>> Recife e outras cidades registraram carreata em defesa de Bolsonaro neste domingo

>> Carreatas lotaram ruas em Pernambuco para apoiar Bolsonaro

A carreata deve passar pela Av. Boa Viagem, pelo Pina, pela Av. Agamenon Magalhães e fazer o retorno no Centro de Convenções, onde deve se unir à carreata de Olinda. Após, a carreata retorna a Boa Viagem pela Av. Domingos Ferreira, entra na Bruno Veloso para concluir na Av. Boa Viagem, na altura da Padaria Boa Viagem.

O ato também será realizado em outras cidades do país, principalmente em São Paulo, onde está sendo organizado pelo movimento Nas Ruas. Os organizadores pedem que os carros e motos compareçam com bandeiras do Brasil.

Anulação de condenações de Lula

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu no dia 8 de março, anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Operação Lava Jato. Na decisão, o ministro entendeu que a 13ª Vara Federal em Curitiba não tinha competência legal para julgar as acusações.

Com a decisão, o ex-presidente não terá mais restrições na Justiça Eleitoral e está elegível para disputar um cargo público. Lula, Urgente: Fachin anula todas as condenações de Lula e o torna elegívelLula, Urgente: Fachin anula todas as condenações de Lula e o torna elegível

Pela decisão, ficam anuladas as condenações nos casos do triplex do Guarujá (SP), com pena de 8 anos e 10 meses de prisão, e do sítio em Atibaia, na qual Lula recebeu pena de 17 anos de prisão. Os processos deverão ser remetidos para a Justiça Federal em Brasília para nova análise do caso.

A anulação ocorreu porque Fachin reconheceu que as acusações da força-tarefa da Lava Jato contra Lula não estavam relacionadas diretamente com os desvios na Petrobras. Dessa forma, seguido precedentes da Corte, o ministro remeteu os processos para a Justiça Federal em Brasília.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal