Segurança

Pernambuco registra queda em todas as modalidades de roubo

Foram 4.122 registros em fevereiro de 2021 contra os 5.924 crimes em 2020, ou seja, menos 1.802 queixas.

A sequência de reduções de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) de Pernambuco completa 42 meses de retração em relação ao mesmo período do ano passado. A redução foi de 30,42% no segundo mês deste ano. Foram 4.122 registros em fevereiro de 2021 contra os 5.924 crimes em 2020, ou seja, menos 1.802 queixas.

Todas as regiões de Pernambuco reduziram os Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP) no mês de fevereiro, em todas as modalidades, que englobam roubos de veículos, celulares e carga, bem como investidas em ônibus.

Dentro desse cenário, a sequência de queda de CVP completa 42 meses consecutivos. No segundo mês deste ano, a variação atingiu -30,42%. Foram 4.122 ocorrências em fevereiro de 2021 contra 5.924 em 2020, ou seja, menos 1.802 queixas.

A Zona da Mata obteve a maior redução, com -47,31%, seguida de Sertão (-46,11%), Região Metropolitana (-33,02%) e Agreste (-27,37%). A capital pernambucana atingiu o menor índice desde o início da série histórica, em 2005 (ver lista abaixo).

Em fevereiro deste ano, contabilizaram-se 1.530 crimes, uma redução de 21,66% em relação a 2020, quando houve 1.953 queixas. No acumulado do ano, os casos em Pernambuco recuaram 29,02%, com 8.652 crimes neste ano contra 12.190 queixas no mesmo período do ano passado.

“Os nossos policiais continuam empenhados para que os números da violência continuem baixando mês a mês. Desde o início do ano, já foram apreendidas 1.123 armas e mais de 11 mil pessoas foram autuadas em flagrante delito. Nossos esforços estarão sempre voltados para preservar a ordem pública e o bem-estar social”, ressaltou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.

Ver mais: 

>> Pernambuco registra queda de 29,16% nos Crimes Violentos contra o Patrimônio no mês de novembro

Roubo de celulares recua 43%

A quantidade de telefones celulares roubados em Pernambuco baixou 43% em Pernambuco no segundo mês deste ano. Confrontando os dados com os de fevereiro de 2020, a queda foi de 5.190 para 2.927 de um ano para o outro. Levando em consideração o primeiro bimestre, o recuo chegou a 32,1% na comparação entre os dois anos, tendo passado de 9.096 para 6.180 aparelhos roubados.

Em fevereiro último, as polícias de Pernambuco conseguiram recuperar 1.057 aparelhos identificados como roubados, totalizando 2.240 no bimestre, graças ao programa Alerta Celular. Desde a sua criação pela SDS, há exatos quatro anos, esse tipo de CVP vem caindo mês a mês.

Ao cadastrar o número de identificação do telefone (o chamado IMEI) no site www.sds.pe.gov.br, a população contribui com o trabalho das forças de segurança pública no combate a esse crime.

Sertão puxa queda nos roubos de veículos 

Em fevereiro de 2021, Pernambuco teve uma redução de 27,98% no número de roubo de veículos, comparando com o seu equivalente em 2020. Foram 641 queixas no segundo mês deste ano contra 890 no ano passado. O Sertão teve a maior redução com -53,49%, seguido por Zona da Mata (-40,74%), Agreste (-26,59%), Região Metropolitana (-22,07%) e Recife (-21,43%).

Roubo de carga reduz 57% no ano

As ocorrências de roubo de carga baixaram 30% em fevereiro deste ano quando comparado ao mesmo período do ano passado, baixando de 43 para 30 queixas. No acumulado do ano, as notificações deste tipo de crime diminuíram 57%, com uma retração de 121 crimes, entre janeiro e fevereiro de 2020, para 52 registros, entre janeiro e fevereiro de 2021.

Menos roubos em ônibus 

Os assaltos em veículos de transporte coletivo apresentaram redução tanto no mês passado como no total de janeiro e fevereiro. No bimestre, essa modalidade de roubo teve declínio de 34,19% em relação ao período equivalente de 2020. Em números absolutos, diminuiu de 155 para 102. Somente em fevereiro, a diferença alcançou -22,58% (de 62 para 48).

Crimes contra instituições financeiras baixam à metade

Janeiro e fevereiro de 2021 terminaram com apenas um roubo consumado a carro-forte. Representa uma queda de 50% nos CVPs contra instituições financeiras, em comparação com os dois meses iniciais de 2020. No ano passado, duas investidas se consumaram: um furto em agência bancária e um roubo a veículo de transporte de valores.

Avaliando-se apenas fevereiro de 2021 em confronto com igual mês em 2020, não houve variação. Em ambos os casos, ocorreu um crime contra o patrimônio em agência bancária. Este ano, as polícias de Pernambuco já prenderam quatro acusados por essa prática delituosa.

Operações têm melhor bimestre de combate ao CVP

As três operações permanentes de combate aos roubos no Recife apresentaram, em 2021, os mais baixos índices de CVP no primeiro bimestre dos últimos quatro anos. O maior recuo observou-se na Operação Agamenon Magalhães, que atua no entorno da avenida que une as Zonas Norte e Sul da cidade. Nessa área, houve 44 casos em janeiro e fevereiro deste ano, -34,3% em relação às 67 do mesmo período de 2020.

Já a Operação Cerne, responsável pelos bairros do Centro do Recife, mostrou retração de -15,9% ao somar janeiro e fevereiro. Em 2020, tinham sido registrados 565 CVPs nessa região, contra 475 em 2021. Por fim, a Operação Boa Viagem resultou numa diminuição de 9,5% nos roubos no bimestre: de 349 para 316 ocorrências no bairro da Zona Sul.

Relação de fevereiros de 2014 à 2021 em Pernambuco:

  • 2014 – 4.660
  • 2015 – 6.050
  • 2016 – 8.372
  • 2017 – 10.176
  • 2018 – 8.507
  • 2019 – 6.532
  • 2020 – 5.924
  • 2021 – 4.122

Fevereiros da série histórica de CVPs no Recife:

  • 2005 – 2.174
  • 2006 – 2.375
  • 2007 – 2.841
  • 2008 – 2.691
  • 2009 – 2.385
  • 2010 – 1.855
  • 2011 – 1.994
  • 2012 – 2.029
  • 2013 – 1.561
  • 2014 – 1.846
  • 2015 – 2.369
  • 2016 – 3.281
  • 2017 – 3.477
  • 2018 – 3.088
  • 2019 – 2.406
  • 2020 – 1.953
  • 2021 – 1.530

Da redação do Portal com informações do PMPE

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal