Nomeação

Apenas dois pernambucanos estão entre os presidentes de Comissões da Câmara dos Deputados

Felipe Carreras (PSB-PE) irá presidir a Comissão do Esporte e Carlos Veras (PT-PE), a Comissão dos Direitos Humanos e Minorias.

Apenas duas das 25 comissões permanentes da Câmara dos Deputados serão presididas por pernambucanos neste ano. O deputado federal Carlos Veras (PT-PE) irá presidir a Comissão dos Direitos Humanos, e Felipe Carreras (PSB) vai presidir a Comissão do Esporte.

Os nomes foram definidos pelos líderes partidários com base no critério da proporcionalidade partidária, ou seja, quanto maior o número de deputados de determinado partido ou bloco partidário, mais comissões esse partido ou bloco tem o direito de presidir.

O deputado Carlos Veras foi eleito, na quinta-feira, 11 de março, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados para um mandato de um ano. Ao ser eleito, ele disse que o colegiado que vai presidir é essencial, com relevância para todos os setores, e elencou como prioridades o enfrentamento da pandemia de Covid-19, principalmente a partir da vacinação, e também o combate à fome no Brasil.

“Hoje, no Brasil, passam de 270 mil as mortes pela Covid-19. E também há dez milhões de brasileiros que vivem em situação de grave insegurança alimentar, em um país que tem uma capacidade de produção de alimentos muito grande”, observou.

Leia mais:
>>> Câmara dos Deputados aprovam retorno do auxílio emergencial

Outras pautas prioritárias para Carlos Veras são os direitos das populações quilombolas, indígenas e LGBT, além dos direitos das mulheres. “As mulheres tiveram aumento significativo de violência contra elas durante a pandemia”, destacou o novo presidente.

Ele também ouviu demandas de outros parlamentares e disse esperar que o diálogo e a união conduzam os trabalhos na Comissão de Direitos Humanos, a qual deve ser um espaço de resolução de conflitos.

Já o deputado Felipe Carreras, foi eleito por unanimidade nesta sexta-feira, 12 de março, com 15 votos, presidente da Comissão do Esporte. O mandato é de um ano.

Carreras ressaltou que o esporte não forma só campeões, forma cidadãos.

“Um dos nossos objetivos na Câmara dos Deputados é fazer esse alerta aos governantes, do presidente da República aos secretários estaduais e municipais de esporte”, disse ele ao tomar posse. “O esporte é uma ferramenta de inclusão social. O esporte liberta, educa, dá oportunidade, esperança e a gente precisa ter esse olhar em um País tão desigual como o Brasil”, acrescentou.

Carreras disse ainda que pretende democratizar as decisões da comissão fazendo sessões itinerantes, tão logo haja vacinas e condições sanitárias para isso. “Queremos promover reuniões itinerantes em cada um dos 27 estados, para ouvir a comunidade esportiva de cada região. Essa será uma de nossas metas no ano olímpico”, acrescentou.

Da redação do Portal com informações da Câmara dos Deputados

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal