Inclusão

No Cabo, mutirão passa a vacinar pessoas a partir de 75 anos de idade contra Covid

O novo carregamento de imunizantes será imediatamente usado nesta sexta-feira (12) e sábado (13), das 8h às 13h.

A prefeitura do Cabo de Santo Agostinho recebeu na tarde da quarta-feira (10) mais 1.770 doses da Coronavac / Instituto Butantan. O novo carregamento de imunizantes contra o coronavírus será imediatamente usado em mutirão nesta sexta-feira (12) e sábado (13), das 8h às 13h. Nesta etapa,  a Secretaria de Saúde do município vai passar a vacinar idosos a partir dos 75 anos.

A expectativa é que 630 doses sejam aplicadas em pessoas  de até 79 anos no mutirão deste final de semana. Outras 650 doses serão usadas em idosos com idades entre  80 e 84 anos. Outras 490 serão destinadas aos trabalhadores de saúde. Durante o mutirão, os técnicos e funcionários da prefeitura vão lembrar àqueles que estão sendo vacinados que a segunda dose acontece em 21 dias.

No Cabo de S. Agostinho, 2.493 pessoas estão na faixa etária de 75 a 79 anos e outros 2.050 estão no grupo com idades entre 80 e 84 anos.

Leia também:
>>>Prefeitura do Cabo fiscaliza praias e estabelecimentos em cumprimento do decreto estadual

No mutirão deste final de semana, cinco escolas do município (ver lista abaixo) receberão os técnicos e funcionários da Prefeitura, num trabalho conjunto de diversas secretarias. Serão 28 profissionais da Secretaria da Saúde, entre técnicos de enfermagem, enfermeiros e pessoal de apoio administrativo.

Também estão escalados para atender a população 15 servidores da Secretaria de Programas Sociais, dez da Secretaria de Governo, 15 agentes da Secretaria de Defesa Social e outros 25 da Educação.  No total são mais de 90 profissionais do município trabalhando no esforço conjunto de vacinação.

Este é o 6º lote de vacinas recebidas pelo município. Desde o início da campanha, o Cabo de S. Agostinho já recebeu 11 mil vacinas contra a covid-19, que contemplam as primeiras e segundas doses da Sinovac/Butantan e da Oxford/AstraZeneca.

Como o público-alvo dessas primeiras fases de vacinação são os idosos e trabalhadores de saúde – grupos prioritários – a secretária de Saúde do Cabo faz um alerta aos mais jovens sobre as novas variantes do novo coronavírus que circulam por todos os municípios brasileiros.

“Estamos numa fase mais letal para a população mais jovem. Quem está adoecendo mais e morrendo mais, agora, são pessoas entre 20 a 40 anos. Portanto, a gente precisa convencer essa juventude a não se aglomerar. Evitar aglomerações é importante nesse momento para que possamos ter uma diminuição do número de casos no sistema de saúde”, disse.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal