Prioridades

Petrolina atinge 100% de ocupação das UTIs e prefeito faz pregão eletrônico milionário para comprar material gráfico

A gestão de Miguel Coelho divulgou que estima gastar o valor de R$ 1.373.345,94 em eventual prestação de serviços gráficos, para suprir as necessidades da Secretaria Municipal de Saúde.

Petrolina atingiu a taxa de ocupação máxima de 100% dos leitos de UTI no último domingo, 7 de março. Dos 44 leitos disponíveis, todos estão com pacientes e há pessoas aguardando internação. Essa é a primeira vez que todos os leitos ficam lotados desde o começo da pandemia.

Diante deste cenário, a gestão do prefeito Miguel Coelho (MDB) estima um gasto no valor de R$ 1.373.345,94 a ser realizado por meio de pregão eletrônico, no próximo dia 11 de março, com o objetivo de prestação de serviços gráficos.

Pregão eletrônico de Petrolina para gastar mais de um milhão de reais com material gráfico.
Pregão eletrônico de Petrolina para gastar mais de um milhão de reais com material gráfico. Imagem/Reprodução

De acordo com edital disponível no site de licitações da Prefeitura de Petrolina estão alguns itens como panfletos, cartões de visita, folders, papel adesivo fosco e outros.

A justificativa do Processo Licitatório para prestação serviços de material gráfico é para atender as necessidades das unidades de saúde da Secretaria Municipal.

Leia também:
>>> Escassez de leitos é iminente em Petrolina, alerta prefeito

Confira o EDITAL completo com os detalhes do pregão eletrônico.

O prefeito chegou a gravar nos últimos dias um vídeo comunicando a situação delicado que a cidade passa a vivenciar com lotação das UTI’s e fila de espera.

“Nos próximos dias, tenho muita esperança de que conseguiremos abrir mais leitos, mas feliz de verdade eu ficaria se ninguém precisasse deles. Entretanto, pessoal, isso não depende de mim; depende de cada pessoa entender a gravidade da pandemia e fazer a sua parte cuidando de si e cuidando do outro. Usar máscara, manter o distanciamento, higienizar as mãos”, disse o prefeito.

MPPE cobra providências 

Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Petrolina, recomendou ao município que adote as providências necessárias a fim de garantir a estrita observância das disposições contidas nos Planos Nacional e Estadual de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19, e na Medida Provisória nº 1.026, de 6 de janeiro de 2021, de forma a garantir o respeito aos princípios administrativos da legalidade, moralidade, impessoalidade, publicidade e eficiência.

O MPPE também recomendou que a gestão municipal divulgue, no site de transparência e nos grupos de mídia social criados para este fim, os critérios de prioridade na ordem de vacinação, e as listas de pessoas com adequada identificação, por CPF e/ou RG, para que, de acordo com esses critérios, devam ser imunizadas a cada nova etapa de vacinação.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal