Descaso

Em Bezerros, atual gestão se depara com frota da Saúde em péssimas condições

A prefeita Luciele constatou por meio de levantamento que recebeu da gestão anterior, 27 veículos com problemas mecânicos, sendo 13 inutilizados e outros 14 que passaram por reparos e manutenção.

A Secretaria de Saúde de Bezerros concluiu o levantamento da frota da pasta que, atualmente, conta com 38 veículos, sendo 36 automóveis e 02 motocicletas. Do total, a secretaria recebeu, da gestão anterior, 27 veículos com problemas mecânicos, dos quais 13 inutilizados e outros 14 que passaram por reparos e manutenção desde o início da nova gestão.

Bezerros, Em Bezerros, atual gestão se depara com frota da Saúde em péssimas condições
Situação do veículo. Foto: Jucelino Luiz

Como observado pelos números do levantamento, grande parte da frota, que inclusive contém veículos antigos (anos 2002, 2005 e 2006), estava quebrada, danificada ou deteriorada. Ambulâncias, carros e motos não recebiam os cuidados mecânicos necessários anteriormente e, por isso, apresentavam diversos problemas na parte elétrica, motor e câmbio, por exemplo.

Bezerros, Em Bezerros, atual gestão se depara com frota da Saúde em péssimas condições
Equipamento tem o objetivo de servir a população da cidade. Foto: Jucelino Luiz

Importante destacar que a Secretaria de Saúde segue o processo burocrático e legal para manutenção e conserto da frota, de forma abrangente e transparente, priorizando o atendimento à população.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura de Bezerros

Decisão

A Prefeitura de Bezerros reconheceu e declarou, através do Decreto Municipal Nº 2.414, as atividades religiosas, os cultos, igrejas e templos como atividades essenciais, permitindo o funcionamento regular dessas instituições, tanto online quanto presencial, dentro dos protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19.

O decreto leva em consideração que, nesses tempos de fechamento de atividades e de isolamento social, há sérias e graves consequências para o estado mental das pessoas, tais como transtorno de ansiedade, depressão, doenças psiquiátricas e muitas outras.

Leia também:
>>>Câmara Municipal aprova lei que impede fechamento de igrejas e templos durante pandemia

Importante lembrar que a fé e o culto religioso, bem como as igrejas e os templos religiosos,

minimizam consequências psicológicas causadas pelo isolamento social, tanto que foram considerados em decreto federal como atividades essenciais.

Os critérios estabelecidos, no decreto, para o funcionamento das igrejas e templos são os seguintes:

I – Presença nos cultos e templos até a capacidade de 30% do espaço;

II – Distanciamento social de 1,5 metro;

III – Disponibilização de álcool gel;

IV – Uso obrigatório de máscaras.

Vale lembrar que Bezerros está seguindo todos os protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19, bem como reforça o pedido e orientação para que toda população use máscara de proteção individual, álcool gel e mantenha o distanciamento social.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal