Pernambuco

Secretaria de Saúde suspende férias de profissionais de saúde por conta do agravamento da pandemia

Decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado e vale por tempo indeterminado.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a Secretaria de Saúde (SES-PE), do Governo do Estado, determinou na última quarta-feira, 3 de março, a suspensão das férias dos profissionais de saúde da rede estadual. A medida vale por tempo indeterminado e publicada no Diário Oficial do Estado.

Com a determinação não poderão tirar férias os profissionais efetivos, com vínculo CLT, cedidos, terceirizados, cargos comissionados e contratados por tempo indeterminado que estão em exercício na rede de saúde.

Na última quarta-feira, 3 de março, a Secretaria de Saúde de Pernambuco confirmou 1.613 novos casos da Covid-19. Destes, 77 (5%) estão classificados como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), portanto internados e/ou mais graves, e 1.536 (95%) são casos leves.

Ao todo, o Estado soma 303.047 confirmações (32.640 graves e 270.407 leves). O boletim também registra mais 1.467 pessoas recuperadas da doença, totalizando 261.154 curas.

Também foram confirmados, por exames, 38 novos óbitos registrados entre os dias 17/12/2020 e 02/03/2021. Com isso, o Estado totaliza 11.068 mortes pela doença.

Leia também:
>>>Pernambuco fecha praias, parques e clubes sociais nos finais de semana por 15 dias

Medidas de restrições

O Governo de Pernambuco, após análise do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, anunciou, na segunda-feira, 1° de março, a proibição das atividades não essenciais das 20h às 5h, de segunda a sexta em todo o Estado.

Além disso, aos sábados e domingos, somente serviços essenciais poderão funcionar. Igrejas e templos religiosos podem realizar celebrações com transmissão via internet, mas, sem presença dos fiéis. Também estarão fechados clubes sociais, praias e parques nos finais de semana. Nas praias, no entanto, será permitida apenas a prática de atividades esportivas individuais.

As medidas, anunciadas pelo governador Paulo Câmara em pronunciamento, entram em vigor nesta quarta-feira, 3 de março, e são válidas até o dia 17 de março.

“Passamos o final de semana monitorando os dados da pandemia. O trabalho continuou nesta segunda-feira e, infelizmente, o cenário só se agravou, mesmo com a abertura de novos leitos de UTI. Estamos agora com 93% de ocupação em nossos leitos de terapia intensiva, e nada aponta para a melhora desse quadro. A contaminação e a hospitalização decorrentes da Covid-19 estão em aceleração, e precisamos reduzir o contato social para frear essa escalada dos números”, afirmou Paulo Câmara, lembrando ainda que supermercados, padarias, farmácias, postos de gasolina e serviços de delivery e pontos de coleta dos restaurantes permanecerão funcionando.

 

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal