Fiscalização

Prefeitura da Vitória de Santo Antão realiza força-tarefa de combate as aglomerações na cidade

Integrantes da ação classificaram a ação realizada na cidade como positiva.

No primeiro final de semana da força-tarefa de combate as aglomerações em Vitória de Santo Antão, o saldo positivo. É o que garante seus integrantes. As ações tiveram como alvo a praça Dom Luís de Brito, conhecida como praça da Matriz, que após ter os bares e restaurantes fechados, a população naturalmente atendeu o pedido feito ao longo da semana pela Prefeitura e se dispersou: praça vazia antes mesmo das 23:00.

“Não há um toque de recolher estabelecido pelo município, mas a população foi conscientizada ao longo da semana e pelo visto entendeu a necessidade do Isolamento”, comemorou o prefeito Paulo Roberto ao receber a notícia. O decreto do governo do Estado, chegou quando 90% das UTIs já se encontravam ocupadas, e determinou o encerramento de atividades não essenciais entre as 22 e 5 horas da manhã.

Leia também:
>>>Força-tarefa contra COVID-19 começa neste final de semana em Vitória de Santo Antão

Com situação controlada na Matriz, os profissionais capitaneados pelo vigilância sanitária, seguiram para outros pontos da cidade. Algumas boates que insistiam em manter o dacing funcionando foram fechadas. O grupo completo, formado também pela Polícia Militar, Bombeiro Militar e Civil, Guarda Municipal, Conselho Tutelar e Agtran também foi até o bairro da Bela Vista, Alto José Leal e bairro da Mangueira, onde encontrou uma aglomeração em um local onde funciona churrasquinho. Gente reunida também em uma conveniência na antiga BR-232 que não foi duplicada.

De acordo com Nathalia Álvares, coordenadora da Vigilância Sanitária, os locais foram fechados e as raspas naturalmente se dispersaram. “Considero que nossa força tarefa teve êxito, e iremos dar continuidade para garantir que o decreto estadual seja cumprido em nosso município”, prometeu a coordenadora.

MEDIDAS RESTRITIVAS – Na sexta-feira (26/02) o governo do Estado anunciou novas medidas restritivas, válidas para todo o território, o que inclui Vitória de Santo Antão. Por doze dias, a partir da noite do sábado (27.02), até o dia 10 de março, estará proibida qualquer atividade não essencial, entre as 22h e as 5h. A decisão de Paulo Câmara chega quando o sistema de saúde de Pernambuco passou a registrar uma taxa de ocupação de UTI acima dos 90%.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura da vitória de Santo Antão 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal