Abastecimento

Cidades da RMR ficam sem água após vazamento de grande proporção no Sistema Botafogo

A situação foi ocasionada devido as fortes chuvas dos últimos dias, que deixou parte de um trecho da adutora de Arataca exposto.

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que na noite do sábado (27), identificou um vazamento de grande proporção na adutora de água bruta de Arataca, integrante do Sistema Botafogo. A situação foi ocasionada devido o deslizamento de terra provocado pelas fortes chuvas dos últimos dias, que deixou parte de um trecho aéreo da adutora exposto, provocando o estouramento. Quatro cidades do Grande Recife tiveram o abastecimento comprometido.

Desde que tomou ciência do fato, equipes da Compesa atuaram e executaram as intervenções necessárias, que teve prazo de conclusão às 19h do domingo (28), quando o abastecimento foi  retomado gradativamente e conforme calendário.

Áreas impactadas nas cidades da Região Metropolitana do Recife:

  • Igarassu: Centro e Sítio Histórico (afetada com baixas pressões durante a manhã. Previsão de normalização a partir das 12h)
  • Abreu e Lima: Alto José Bonifácio (Barracão), Alto São Miguel Baixo e Matinha

  • Paulista: Maranguape 1 (áreas 1 e 2), Paratibe (área 4), Pau Amarelo, Nª Sra. do Ó, Maranguape 2 (área 4), Mirueira.

-1ª, 2ª,3ª,4ª e 5ª Etapas de Rio Doce, Jardim Atlântico, Ouro Preto, Fragoso, Bairro Novo, Casa Caiada, Alto do Cajueiro, Córrego do Abacaxi, Av. Benjamin Constante.

-Jardim Fragoso.

Leia também:
>>>Para levar mais água ao Agreste, Compesa entrega mais um poço do Sistema Adutor de Tupanatinga

Abastecimento

Com a conclusão de uma etapa importante de testes, a Compesa habilitou mais um poço do Sistema Adutor dos Poços de Tupanatinga que vai levar mais água ao Agreste. O novo equipamento tem 240 metros de profundidade e capacidade produtiva de 10 litros de água por segundo.

Os serviços de perfuração, limpeza, desinfecção e desenvolvimento para produção de água foram finalizados em janeiro. Esse é o oitavo poço perfurado da bateria de 20 poços tubulares profundos com entrega programada até o final desse ano. Até o final do primeiro semestre serão 14 perfurados.

O investimento no projeto de perfuração dos poços é da ordem de R$ 12 milhões. Os poços serão distribuídos em três baterias, captando água do aquífero Tacaratu, que fica situado na Bacia Sedimentar de Jatobá, no município de Ibimirim, Sertão do Moxotó.

Da redação do Portal com informações da Compesa

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal