Compromisso

Prefeita do Ipojuca apresenta projeto de saneamento de Porto de Galinhas durante encontro, em Brasília

Foi formado um grupo de trabalho com a equipe técnica do Ministério do Meio Ambiente e a equipe técnica da Prefeitura do Ipojuca para viabilizar soluções para o esgotamento sanitário de Porto de Galinhas.

A prefeita de Ipojuca, Célia Sales, foi até Brasília apresentar o projeto de saneamento do município para Porto de Galinhas. Ela se reuniu, na quarta-feira, 24 de fevereiro, com os ministros do Turismo e do Meio Ambiente, Gilson Machado e Ricardo Salles, respectivamente, para tratar do assunto.

“O saneamento de Porto de Galinhas é algo muito esperado pelos ipojucanos e que, por conta de questões judiciais com origem em outros prefeitos, não conseguimos avançar. Apesar disso, resolvi vir à Brasília conversar pessoalmente com os ministros do Turismo e do Meio Ambiente e apresentá-los nosso projeto de saneamento. Precisamos buscar alternativas para solucionar o problema, já que a Compesa tem como previsão de início das obras o ano de 2022”, afirmou a prefeita Célia Sales.

Prefeita
Prefeita de Ipojuca Célia Sales em reunião em Brasília para discutir projetos de saneamento. Foto: Divulgação

Leia mais:
>>> MPPE recomenda que Ipojuca realize levantamento sobre destinação de esgoto sanitário em Porto de Galinhas

Entre os que participaram das reuniões em Brasília estava o deputado estadual Romero Sales Filho que vem defendendo os interesses do povo ipojucano e uma urgência nas ações do maior destino turístico do estado e, ainda, o 7º destino mais popular na América do Sul de acordo com o ranking da Traveler’s Choice Award 2020, divulgada em dezembro do ano passado.

“A questão do saneamento de Ipojuca tem sido uma das minhas principais pautas como parlamentar. Inclusive, tenho buscado diálogo com a Compesa para que seja encontrada uma solução. A Companhia alega não ter verba disponível. Sendo assim, me sinto no dever de junto a prefeita articular recursos federais para o município”, acrescenta Sales Filho.

O deputado inclusive foi responsável pela articulação da doação do terreno para a construção da ETA de Camela. Tendo a busca por melhor abastecimento e saneamento do município destaque em seu mandato.

Como resultado das reuniões da quarta-feira, 24 de fevereiro, foi formado um grupo de trabalho com a equipe técnica do Ministério do Meio Ambiente e a equipe técnica da Prefeitura do Ipojuca para viabilizar soluções para o esgotamento sanitário de Porto de Galinhas.

O investimento do projeto apresentado pela prefeitura está em torno de R$50 milhões. Diante da complexidade da obra, possivelmente o Ministério de Desenvolvimento Regional também seja envolvido.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura de Ipojuca

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal