Prevenção

Em menos de 60 dias, Paulista tem balanço positivo de ações em combate às arboviroses

Além do tratamento nos locais encontrados, a equipe de vigilância ambiental orientou os moradores sobre a prevenção, visando conter o aumento de casos relacionados ao mosquito Aedes Aegypt.

O Programa de Controle das Arboviroses do município do Paulista realizou um balanço das ações de combate que foram feitas dentro desses dois meses de gestão. O programa ligado à Secretaria de Saúde do Município contemplou diversos bairros com intervenções para diminuir os casos de arboviroses.

Além das interferências diretas nos focos de proliferação, os ACE (Agentes de Combate às Endemias) realizaram trabalhos educativos de conscientização da população sobre a prevenção e a importância de que cada um faça sua parte.

Os bairros de Jardim Paulista, Aurora, Maranguape I, Pau Amarelo, Jaguarana, Alameda Paulista e Torres Galvão foram alguns dos locais notificados para que os focos de proliferação fossem retidos. Nas localidades citadas, havia muitos imóveis com depósitos abertos, nos quais larvas do mosquito Aedes Aegypti foram constatadas.

Ver mais:

>>  Paulista retoma vacinação, após chegada de 3.100 doses da vacina de Oxford/Astrazeneca

>> Prefeitura do Paulista inicia pagamentos do auxílio moradia para quase 800 famílias

>> Paulista: saiba como fazer o recadastramento do auxílio moradia

Diante dessas conclusões, a Diretoria de Vigilância Ambiental realizou inspeção nos locais mencionados e ações de bloqueios nas áreas afetadas. Além disso, tratamentos de depósitos foram encontrados abertos. Os agentes entregaram aos moradores capas de vedação, a fim de evitar a multiplicação dos casos e a proliferação do mosquito.

Ainda no contexto das ações de prevenção, a Secretaria de Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância Ambiental, realizou, no Bairro da Aurora, uma ação de bloqueio denominada “fumacê”. A medida contou com a utilização do produto “Cielo”, que é um novo inseticida composto por imidacloprido (neonicotinóide) e praletrina (piretróide), e é preconizado pelo Ministério da Saúde. O bloqueio com fumacê é utilizado com o objetivo de diminuir a população do mosquito alado (adulto).

Denúncias de focos de arboviroses

As denúncias ou licitações devem ser feitas via e-mail : [email protected] ou na Secretaria de Saúde do município do Paulista.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Paulista

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal