Acomodação

Detran-PE entrega sala de espera de exame prático para candidatos a 1ª habilitação

O espaço que receberá cerca de 600 pessoas/dia, é climatizado e tem como objetivo propiciar comodidade e segurança para os usuários.

O Diretor Presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, Roberto Fontelles, acompanhado dos Diretor de Gestão e Operações, respectivamente, Gustavo Carneiro e Sérgio Reis, realizou na terça-feira (23), inspeção no prédio onde funcionará, a partir de quarta (24), a sala de espera de exame prático para os candidatos a 1ª habilitação da categoria B.

O espaço que receberá cerca de 600 pessoas/dia, é climatizado e tem como objetivo propiciar comodidade e segurança para os usuários. No local, será exibido filmes educativos e realizadas palestras para reduzir a tensão na hora do exame.

DETRAN-PE entrega sala de espera de exame prático para candidatos a 1ª habilitação
DETRAN-PE entrega sala de espera de exame prático para candidatos a 1ª habilitação/ Foto: Paulo Maciel/ Detran-PE

Segundo Fontelles, o espaço foi desenvolvido para que os candidatos possam ter um maior conforto antes de realizar o exame de direção veicular.

“Esse foi o primeiro passo. Iremos agora investir em um local com as mesmas características para os candidatos a Carteira Nacional de Habilitação – CNH, na categoria A (moto)”, destacou.

DETRAN-PE entrega sala de espera de exame prático para candidatos a 1ª habilitação
DETRAN-PE entrega sala de espera de exame prático para candidatos a 1ª habilitação/ Foto: Paulo Maciel/ Detran-PE

Ver mais:

>> Detran-PE divulga balanço da Operação Verão do último fim de semana

Pátio de Exame Prático

O pátio conta com câmeras, tablets, microfones e funciona com sistema de telemetria veicular, dando mais segurança ao candidato e evitando irregularidades nos testes. As faltas são eletronicamente indicadas aos examinadores. A medida é pioneira no Brasil.

As câmeras de alta definição registram áudio e vídeo em todas as etapas da prova prática. São quatro dentro do carro, além de equipamentos externos instalados nos principais pontos do circuito. Já os leitores biométricos são responsáveis pela comprovação de quem – candidato e avaliador – está em determinado carro, além de apontar a data e a hora do teste.

Já os tablets, que ficam com os examinadores, recebem sinais sobre eventuais faltas do aspirante à habilitação, como ajuste do retrovisor, afivelamento do cinto de segurança, fechamento inadequado das portas, à interrupção de funcionamento do motor, à falta de sinalização de mudança de direção (seta) e acionamento errado da embreagem e dos freios.

Também é possível identificar colisões no protótipo de baliza, a inadequação do estacionamento na garagem e o desrespeito à distância de 1,5 metro do protótipo de bicicleta. Ambos têm sensores, que se comunicam com os tablets e com sensores telemétricos acoplados aos carros.

Da redação do Portal com informações do Detran-PE

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal