Reação

Deputado Romero Albuquerque rebate Sikera Jr e diz que foi difamado sem direito de resposta

Parlamentar explicou que ao fazer seu trabalho e emitir nota de repúdio para o apresentador de tv por exibição de matéria com cenas de zoofilia, foi atacado em rede nacional.

O deputado estadual pelo PP de Pernambuco, Romero Albuquerque, foi alvo de comentários do comunicador e apresentador do programa Alerta Nacional da Rede TV, Sikera Jr, durante exibição nacional da atração nesta sexta-feira, 26 de fevereiro.

Sikera não gostou de ter recebido uma carta de repúdio do deputado criticando a exibição de cenas de zoofilia em determinado dia no programa e passou a criticar a atuação de Romero por tal iniciativa.

O deputado foi alvo de várias colocações do apresentador durante toda atração televisiva. Parecendo não conhecer bem a composição do parlamento de Pernambuco na Alepe, Sikera por várias vezes fez confusão ao confundir o deputado Romero Albuquerque com Romero Sales e chegou até a mirar críticas a prefeita de Ipojuca, Célia Salles que nada tinham relação com o assunto.

Quem também foi confundido algumas vezes foi o deputado e pastor Cleiton Collins, pois, o comunicador chegou e relacionar Romero de líder de igrejas, vez por outra. Na verdade o pastor Cleiton Collins apenas assinou a carta de repúdio como uma das atribuições por fazer parte da mesa diretora ao ocupar vaga na 2° secretaria da Alepe.

Depois de entender a situação e reconhecer a trapalhada nos nomes dos deputados, Sikera passou a também ofender a vereadora Andreza Romero, que é esposa do deputado Romero Albuquerque.

Horas depois do final do programa de televisão, o deputado foi até o perfil pessoal do Instagram e gravou um vídeo rebatendo Sikera Jr. 

O Portal de Prefeitura entrou em contato direto com o parlamentar para saber se tinha interesse de se manifestar e ele enviou uma nota de resposta pontuando as questões e lamentando o fato de não receber de Sikera Jr oportunidade de se defender no ar.

Acompanha a nota do deputado Romero Albuquerque na íntegra:

“Fui atacado pelo Sikera Jr por fazer o meu trabalho. Há alguns meses, ele exibiu cenas de zoofilia em cadeia nacional, e ainda debochou, fez comentários depreciativos e minimizou aquela ação. Eu não poderia ficar calado diante da verborragia de um sujeito que não respeita colegas, não respeita animais, não respeita ninguém. Uma nota de repúdio foi muito pouco. Hoje, ele me difamou, me acusou e eu não tive direito de resposta. Envolveu outro deputado, envolveu a prefeita de Ipojuca, fez comentários homofóbicos. Sikera cresceu exatamente dessa forma, desrespeitando, desqualificando, depreciando as pessoas.

Hoje, ele não fez o mínimo que a sua profissão exige: apurar. Sensacionalismo barato, digno de toda sujeira que ele tem jogado na televisão brasileira ao longo desses anos. Fui cassado quando tentava fazer o meu trabalho: ajudar a salvar a vida de animais. Hoje sou deputado, e continuo e continuarei lutando pelos animais e contra a pequenez de seres humanos como o jornalista.

Sikera responde a processos de toda natureza, inclusive de outras emissoras e personalidades famosas, como a Xuxa que ingressou com quatro ações criminais contra o indivíduo. Nós também entraremos na justiça contra as acusações e pelo direito de resposta, que nos foi negado na primeira tentativa.

Sikera é um exemplo do que há de pior na nossa imprensa: usa sua posição para manipular, de forma primária, a informação. Não seremos reféns dessa falta de caráter e profissionalismo, nunca!”

O Portal também fez contato com a produção do programa é com o apresentador, mas, até o momento da publicação desta matéria não obteve resposta.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal