São Lourenço da Mata

Prefeito Vinícius Labanca apresenta demandas do município ao governador Paulo Câmara

De acordo com Labanca, a reunião serviu para apresentar demandas do município, como o aporte financeiro para o custeio do funcionamento do Hospital e Maternidade Petronila Campos (HPC).

O prefeito Vinícius Labanca (PSB) se reuniu, nesta quinta-feira (25), com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). O encontro, realizado no Palácio do Campo das Princesas, contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), e teve o intuito de discutir parcerias entre São Lourenço da Mata e o Governo do Estado.

De acordo com Labanca, a reunião serviu para apresentar demandas do município, como o aporte financeiro para o custeio do funcionamento do Hospital e Maternidade Petronila Campos (HPC).

“Discutimos, junto ao governador Paulo Câmara, um importante convênio com o nosso hospital, para estruturar a unidade e prestar o melhor atendimento possível à população. Além disso, também fizemos o convite para que o governador venha acompanhar a entrega do novo HPC. A inauguração está prevista para o próximo mês de março. São Lourenço da Mata merece voltar ao seu lugar de destaque no estado de Pernambuco, e isso é feito com força política”, disse.

O chefe do Executivo municipal também solicitou parceria do Governo do Estado para realização de obras estruturadoras no município. “Temos planos de avançar na infraestrutura da cidade. Por isso, solicitamos ao governador investimentos para realização de novas obras na área da educação, saúde, infraestrutura e demais áreas. Juntos iremos construir uma São Lourenço da Mata desenvolvida e com melhor qualidade de vida”, finalizou Labanca.

Veja Mais:

>>Vinícius Labanca denuncia gestão anterior de comprar 4,8 mil sacos para mortos por Covid; itens nunca foram encontrados

Denúncia 

Vinicius Labanca (PSB), prefeito de São Lourenço da Mata, cidade que faz parte da Região Metropolitana do Recife, revelou que vai formalizar uma denúncia ao MPPE (Ministério Público de Pernambuco), sobre a gestão anterior ter realizado a compra de 4 mil e 800 sacos para mortos por Covid-19, itens nunca foram encontrados.

A cidade não teve nenhum registro de mortos pelo novo Coronavírus, mas, de acordo com o atual gestor do município, também foram compradas mais de 500 mil seringas.

 “A gestão passada comprou 4 mil e 800 sacos para Covid e não morreu nenhum em São Lourenço. Nós não encontramos nenhum saco e ninguém veio a óbito usando esse saco”, revelou Vinícius Labanca.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal