Posicionamento

Bolsonaro questiona salários e cobra “transparência” na Petrobras

Chefe da nação brasileira fez declarações e citou o Castello Branco durante conversa com apoiadores na última segunda-feira, 22 de fevereiro.

Na última segunda-feira, 22 de fevereiro,  Jair Bolsonaro em conversa com apoiadores disse que exige apenas “transparência e previsibilidade” da Petrobras. o chefe da nação brasileira também fez questão de o prazo do contrato com Roberto Castello Branco à frente da Petrobras e questionou o salário do mandatário para “trabalhar de forma remota”.

Bolsonaro também falou sobre o contrato de Castello Branco como chefe da estatal e fez críticas ao economista.

“É direito meu reconduzi-lo ou não. Ele não será reconduzido, qual o problema?”

Na ocasião, Bolsonaro também declarou que Castello Branco está há 11 meses e, casa, sem trbalhar, trabalha de forma remota.

“O chefe tem que estar na frente, bem como os seus diretores. Então, isso para mim é inadmissível. Descobri isso há poucas semanas. Imagine eu, presidente, no meio da covid-19, ficando em casa. Não justifica isso aí”, pregou, ao reafirmar que ninguém vai interferir na política de preços da Petrobras.

Durante a conversa com os apoiadores o presidente do Brasil disse que Castello Branco ganha mais de R$ 50 mil por semana.

“Respeito a empresa, mas queremos saber de tudo o que acontece lá, inclusive a política salarial do presidente e seus diretores. Alguém sabe quanto ganha o presidente da Petrobras? R$ 50 mil por semana? É mais do que isso por semana”, disparou.

Leia também:
>>>Bolsonaro sobre aumento de preço do combustível: “alguma coisa vai acontecer na Petrobras nos próximos dias”

Decisão

Jair Bolsonaro afirmou que que substituirá o atual presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, pelo general Joaquim Silva e Luna. O comunicado foi feito na sexta-feira, 19 de fevereiro, por rede social.

O general da reserva do Exército Brasileiro, foi Ministro da Defesa entre 26 de fevereiro de 2018 e 1 de janeiro de 2019, no governo do ex-presidente Michel Temer.

A publicação informa que o governo decidiu indicar o senhor Joaquim Silva e Luna para cumprir uma nova missão, como conselheiro de administração e presidente da Petrobras, após o encerramento do ciclo, superior a dois anos, do atual presidente, senhor Roberto Castello Branco.

Confira na íntegra o comunicado:

“O governo decidiu indicar o senhor Joaquim Silva e Luna para cumprir uma nova missão, como conselheiro de administração e presidente da Petrobras, após o encerramento do ciclo, superior a dois anos, do atual presidente, senhor Roberto Castello Branco”, disse o presidente.

Bolsonaro não chegou a escrever nada ao publicar a imagem, apenas inseriu a imagem do Ministério de Minas e Energia.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal