Restrições

Em Nazaré da Mata, decreto proíbe abertura de bares e restaurantes após 20h e limita número de fiéis em igrejas

Novo documento, que foi publicado na última quinta-feira, 17 de fevereiro, tem uma validade de 30 dias podendo ser renovado.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Nazaré na Mata proibiu o funcionamento de bares, lanchonetes e restaurantes após às 20h e limitou o número de fiéis nas igrejas da cidade. O decreto foi publicado pela gestão municipal na última quarta-feira, 17 de fevereiro, e as normas já começaram a valer no município.

O prazo para o decreto de restrição é valido por 30 dias, podendo ser estendido, caso a gestão municipal veja alguma necessidade. O motivo da decisão da prefeitura é evitar aglomerações e aumentar o risco de contágio na cidade que fica a 69 quilômetros da capital, Recife.

Sobre os templos religiosos, cada igreja poderá funcionar com 30% da capacidade total do público. Nos espaços maiores a Prefeitura de Nazaré proibiu reunir mais de 300 fiéis. Todos o que forem aos locais deverão usar máscaras e seguir os protocolos de combate à Covid-19.

De acordo com a secretária de Saúde de Nazaré da Mata, Vera Dantas, em menos de uma semana a cidade registrou 11 óbitos por conta da doença.

“No dia 14 de fevereiro, Nazaré acumulava, desde o início da pandemia, em 2020, 26 mortes. No dia 16, passamos para 37”, disse.

Leia também:
>>>Governo de PE proíbe formaturas, eventos corporativos e sociais por um mês

“Além disso, temos um problema da falta de água na cidade, o que dificulta as ações de prevenção”, afirmou. Nazaré da Mata, de acordo com a prefeitura, tem cerca de 34 mil habitantes.

Flagrante

Mesmo sem festas de Carnaval por conta da pandemia do novo coronavírus a praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, registrou aglomerações. O balneário, distrito do município de Tibau do Sul, contou com ruas estreitas cheias de turistas que aproveitaram a folga da festa para curtir as praias da região.

O conhecimento do caso se deu depois que vídeos publicados nas redes sociais mostraram moradores e turistas aglomerados. Grande parte do público não usava máscara de proteção, item indispensável neste período de pandemia de Covid-19.

A Prefeitura de Tibau do Sul informou pelas redes sociais que agentes da vigilância sanitária estão fiscalizando e orientando as equipes de estabelecimentos comerciais para cumprir os protocolos de segurança contra o novo coronavírus.

“Em geral, fazemos apenas um trabalho de orientação. Atuamos de forma mais enérgica apenas em situações que tendem a fugir dos parâmetros de segurança e civilidade”, declarou o tenente-coronel Eduardo Franco, chefe do setor de comunicação da PM-RN.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal