Doença

Prefeito de São Paulo é diagnosticado com novo câncer e faz tratamento

Bruno Covas (PSDB) divulgou em sua rede social o boletim médico do hospital Sírio Libanês, mostrando o retorno da doença.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi diagnósticado com um novo nódulo no fígado, que foi detectado após sua rotina de tratamento para realização de exames. O político já retomou o tratamento de quimioterapia na quarta-feira, 17 de fevereiro, no hospital Sírio Libanês, onde ficará internado até o sábado.

Covas divulgou seu boletim médico em rede social, que fala sobre o exame de imagem que foi submetido, mostrando o sucesso do tratamento até então, mas também o aparecimento do nódulo no fígado. 

“Os exames de imagem realizados nesta quarta-feira (17), mostraram sucesso da radioterapia no controle dos linfonodos, próximos ao estômago. Foi detectado também o surgimento de um novo nódulo no fígado, cuja presença enseja ajuste no tratamento”. 

Leia mais:
>>>Bruno Covas é criticado por fechar São Paulo e ir à jogo no Maracanã

Ainda na postagem, Bruno Covas afirmou que vai enfrentar o problema “confiante, e cabeça erguida e grato”.

“Mais um desafio a ser superado. Vou enfrentá-lo como sempre: confiante, de cabeça erguida e grato pelo apoio e carinho de todos vocês.

“O êxito da vida não se mede pelo caminho que você conquistou, mas sim pelas dificuldades que superou no caminho”. Abraham Lincoln”

Bruno Covas, foi diagnosticado com câncer pela primeira vez no fim de outubro de 2019, na região da cárdia, (transição entre estômago e esôfago).

Ida a jogo do Maracanã

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, que está de licença médica para tratamento de saúde, foi duramente criticado nas redes sociais, por ter ‘fechado’ a cidade de São Paulo, por causa do aumento dos casos de coronavírus na capital paulista e ir à final da Libertadores no Maracanã.

A final entre Palmeiras e Santos jogavam a final da Copa Libertadores da América, no dia 30 de janeiro, com cerca de 2,5 mil convidados de ambos os times e da organização do evento aglomeravam-se num setor do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, entre eles, o prefeito de São Paulo. Torcedor do Santos, Bruno viu o seu time perder por 1 a 0.

No mesmo sábado, o Brasil registrou, pelo décimo dia consecutivo, média móvel de óbitos por covid-19 acima de mil, totalizando 223.971 brasileiros mortos.

A cidade que governa passava o final de semana na fase vermelha de reabertura de atividades econômicas por ordem de seu correligionário e padrinho político, João Doria.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal