Permanência

Audiência de custódia decide manter a prisão de Daniel Silveira até votação na Câmara

O juiz auxiliar do ministro Alexandre de Moraes no STF, determinou a manutenção da prisão do parlamentar.

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) teve sua prisão mantida em audiência de custódia. A decisão foi tomada em audiência de custódia realizada nesta quinta-feira (18) pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O juiz Airton Vieira, auxiliar do ministro Alexandre de Moraes, determinou a manutenção da prisão do parlamentar até que a Câmara dos Deputados delibere sobre o assunto.

O entendimento de Vieira foi que não havia possibilidade de relaxar a prisão de Silveira neste momento, que está preso desde terça-feira (16) após publicar um vídeo ameaçando ministros da Corte.

Ver mais: 

>> Em vídeo, Silas Malafaia afirma: “Caluniar Bolsonaro pode! Falar mal de ministro do STF dá cadeia”

>> Urgente: Plenário do STF mantém prisão do deputado Daniel Silveira

>> Luciano Bivar, presidente do PSL, diz que partido prepara expulsão de deputado que atacou STF

A avaliação dele, entretanto, é que só é possível decidir sobre a decretação de prisão preventiva após o plenário da Câmara dos Deputados votar o tema.

Após a decisão da Câmara, caberá ao ministro Alexandre de Moraes decidir sobre a conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou na audiência pela legalidade da prisão em flagrante e que não havia motivos para relaxamento da prisão.

Da redação do Portal com informações da Metrópoles 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal