Feminicídio

Justiça determina prisão preventiva a vereador de Tracunhaém que tentou matar garota de programa após encontro amoroso

Parlamentar foi conduzido direto para presídio de Lagoa do Carro, logo depois da audiência de custódia.

O vereador de Tracunhaém Severino Pereira de Souza Silva, 48 anos, conhecido “Biino” teve sua prisão confirmada após audiência de custódia da Justiça no domingo, 14 de fevereiro, por ser o principal suspeito de feminicídio de homicídio ocorrida na noite do sábado (13), em Carpina.

Biino é apontado como autor dos disparos contra Maria José de Souza do Nascimento, 25 anos, no abdômen e no braço, fato ocorrido em frente ao Trevos Bar, na BR-408 em Carpina.

O advogado Bruno Costa, que acompanhou o parlamentar desde a noite do sábado (13), informou que a defesa considera a prisão ilegal e vai entrar com um habeas corpus no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a partir desta segunda-feira (15) e que Biino nega a participação no crime e se apresentou de forma espontânea.

O vereador foi conduzido pela Justiça ainda na tarde do domingo, para o presídio de Lagoa do Carro.

Entenda o caso

Um vereador de Tracunhaém, na Mata Norte pernambucana, foi autuado em flagrante, na noite de ontem, por tentativa de feminicídio. O crime teria ocorrido, horas antes, em um prostíbulo localizado às margens da rodovia BR-408, no bairro Novo, em Carpina. As informações são do portal Giro Mata Norte.

A vítima, Maria José de Sousa do Nascimento, 25 anos, seria garota de programa e teve um encontro amoroso com o parlamentar Severino Pereira de Souza do Nascimento, 48 anos, conhecido como Biino (DEM). O ponto em que os dois se encontraram foi o Trevos Bar.

Após deixar o local, o vereador retornou, minutos depois, armado e pediu para que chamassem a mulher. Ainda de acordo com a reportagem do Giro Mata Norte, ele passou a atirar em direção à vítima, fugindo em seguida.

Alvejada no antebraço e no abdômen, Maria José foi levada para a Unidade Mista Francisco de Assis Chateaubriand, onde recebeu os primeiros socorros. Um efetivo da PM foi acionado e deu início à ocorrência. No local, os agentes colheram informações preliminares de que o autor seria um vereador de Tracunhaém e de que o suspeito estaria em um veículo de cor branca.

No levantamento, chegaram a Biino, que foi reconhecido pela vítima e pela proprietária do bar através de fotos.

Os militares foram à casa do parlamentar, que negou ter praticado o crime de feminicídio. Com a chegada de seu advogado, Biino foi levado para a Delegacia e autuado. Na sequência, foi encaminhado para audiência de custódia. Já Maria José foi transferida para o Hospital da Restauração, no Recife.

Da redação do Portal com informações d site Voz de Pernambuco

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal