Declaração

Flordelis publica vídeo nas redes sociais fazendo um alerta ao assédio sexual em casa

Deputada diz se sentir culpada com o que acontecia em sua residência.

Na última terça-feira, 16 de fevereiro, a deputada federal Flordelis postou um vídeo nas redes sociais alertando mães sobre supostos assédios sexuais dentro de casa. O vídeo contém 8 minutos e 12 segundos de duração e a deputada diz se sentir culpada com o que acontecia em sua residência.

Veja o vídeo completo: 

“Estou aqui para alertar a todas as mães. Para que não sintam o que estou sentindo hoje, a culpa. Culpa de algo que estava acontecendo dentro da minha casa, com a minha filha, e sendo feito pelo meu marido. O homem que, depois de Deus, era o que eu mais amava nesta vida. O amor deixa a gente cega. Eu não vi, eu não percebi. E ela, por não ter coragem, por me ver feliz, não teve coragem de me contar”, expressou a parlamentar.

Nas palavras da pastora, a filha estava pedindo socorro “através de um olhar, de um gesto”. E prosseguiu: “Mas como estava cega de amor, eu não vi. E acabou acontecendo uma desgraça, uma desgraça que arruinou com a minha família”.

Durante o vídeo, Flordelis se diz decepcionada e cita o pastor Anderson, que foi assassinado em casa.

“Não terá mais homenagens no dia 16. (…) Desde que meu marido foi assassinado, todos os dias 16 se tornaram muito doídos para mim. E eu publicava mensagens de amor, carinho e de muita saudade. Só que agora as mensagens acabaram, assim como outra parte da minha vida acabou. Nós tínhamos uma história, uma história linda de amor”, contou Flordelis.

Com informações do Site Metrópoles 

Leia também:
>>>Ré por morte do próprio marido, Flordelis deixa de assumir Secretaria da Mulher na Câmara

Novo relacionamento

Um ano e meio depois do assassinato do Pastor Anderson, a deputada federal Flordelis encontrou um novo amor. A divulgação do relacionamento aconteceu na última sexta-feira, 5 de fevereiro, durante a festa de 60 anos da parlamentar. O namorado de Flordelis se chama Allan Santos e tem 25 anos. A parlamentar é investigada pela Justiça por participar do assassinato do seu ex-marido.

De acordo com informações, alguns dos seus filhos e netos já puderam conhecer o novo padrasto. O novo casal chegou a tirar fotos abraçados na mesa do bolo. Além disso, o novo companheiro da parlamentar também participou do culto evangélico no último domingo, 7 de fevereiro, em homenagem a líder religiosa.

Por conta das acusações, a Justiça determinou que a parlamentar utilizasse tornozeleira eletrônica. A investigada já foi flagrada em eventos em que aparece com o equipamento de segurança.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal