Repúdio

Deputados de PE criticam Daniel Silveira, preso após ataques ao STF: ‘Ataque à democracia’, ‘afronta’

Segundo o STF, o deputado teria feito ameaças e defendido a destituição dos ministros.

Alguns deputados pernambucanos criticaram o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso na noite de terça-feira (16), após ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (17) manter a decisão do ministro Alexandre de Moraes que determinou a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). No entanto, a palavra final sobre a manutenção da prisão será do plenário da Câmara dos Deputados, que precisará votar se mantém ou não a decisão.STF, Urgente: Plenário do STF mantém prisão do deputado Daniel SilveiraSTF, Urgente: Plenário do STF mantém prisão do deputado Daniel Silveira

Para o deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade-PE), a prisão de Daniel Silveira foi “corretíssima”.

“Eu acho que esse deputado extrapola qualquer tipo de respeito às instituições e, mediante isso, acho que a prisão dele foi corretíssima. Voto nesse sentido (para manter a prisão)”, disse Coutinho.

Ver mais: 

>> Urgente: Plenário do STF mantém prisão do deputado Daniel Silveira

>> Luciano Bivar, presidente do PSL, diz que partido prepara expulsão de deputado que atacou STF

“Estava vendo o vídeo e fiquei indignado com a forma com que ele trata os ministros do STF num total desrespeito à instituição e incitando o ódio aos radicais como ele”, acrescentou o deputado.

O deputado federal Raul Henry (MDB-PE) também apresentou tom crítico à conduta do deputado Daniel Silveira no vídeo publicado ontem em uma plataforma da internet.

“Vi o vídeo agora pela manhã e acho que é inadmissível, ele afronta o estado democrático de direito, que é quem assegura a própria liberdade de expressão, fez apologia ao AI-5, ameaçou fisicamente um ministro do Supremo. É um vídeo que exige uma resposta das instituições democráticas, e o Congresso é a Casa que representa a democracia e tem que agir com firmeza”, disse o emedebista.

A deputada Marília Arraes (PT-PE) também se manifestou sobre o assunto em suas redes sociais, a petista foi além e defendeu a cassação do mandato de Daniel Silveira.

“O deputado, preso em flagrante, atenta (e não é de hoje) contra a Constituição Federal, contra a democracia, por isso merece ser punido com a cassação do seu mandato”, disse Marília, que é Segunda-Secretária da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados.

“Portanto, é nosso dever que se defina de uma vez por todas o que é ATAQUE À DEMOCRACIA. Se veio em forma de ataque a um ministro, a um poder da república, ou ao regime como um todo, não importa. Ah, e que o povo saiba a História e o que passamos, para que nunca mais aconteça”, afirmou Marília.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal