Pasta

Ex-vice-prefeita do Cabo, Edna Gomes assume secretaria executiva no Governo de Pernambuco

Edna ocupava cargo semelhante na assistência social no município do Cabo por meio da Secretaria de Programas Sociais. 

A ex-vice-prefeita do Cabo de Santo Agostinho, Edna Gomes (PP) foi nomeada para dirigir a Secretaria Executiva de Articulação e Prevenção Social ao Crime e à Violência.

A estrutura está vinculada ao guarda-chuva da Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, que está na cota do Partido Progressista e é comandada por Cloves Benevides.

Na gestão do Cabo de Santo Agostinho, Edna ocupava cargo semelhante na assistência social no município do Cabo por meio da Secretaria de Programas Sociais.

Edna Gomes assume secretaria executiva de combate à violência em Pernambuco.
Edna Gomes assume secretaria executiva de combate à violência em Pernambuco. Foto: Divulgação

Edna Gomes foi vice-prefeita do Cabo de Santo Agostinho na gestão do ex-prefeito Vado da Farmácia. Durante o governo, ela rompeu com o então chefe do Executivo municipal e passou a fazer oposição.

“A missão de Edna Gomes será a de combater os índices de violência do Estado de Pernambuco através da articulação de programas específicos que irão interferir nos determinantes sociais da criminalidade e da violência, como o abuso de entorpecentes, o desemprego e a falta de qualificação”, informou a assessoria de Edna em nota.

Ver mais:

>> Governo de Pernambuco lança licitação para instalação de hospital de campanha no bairro dos Coelhos

Ex-vice-prefeita

Edna Gomes foi vice-prefeita do Cabo entre 2013 e 2016 durante a gestão de Vado da Farmácia. Em junho de 2014, pouco mais de um ano e cinco meses de governo, ela rompeu com o então prefeito e passou a fazer oposição.

Combate à violência contra mulher

Edna Gomes que institui o Programa Justiceiras, uma força-tarefa multiprofissional que atuará na estrutura do poder executivo municipal.

Contará tanto com funcionários designados pela prefeitura quanto com um quadro qualificado de voluntários com advogadas, psicólogas e assistentes sociais. Sua finalidade será fornecer, via WhatsApp, atendimento rápido para localizar e proteger mulheres em situação de risco de violência doméstica.

O projeto se soma ao PL da Patrulha Maria da Penha, também de Edna Gomes, numa articulação para proteger a população feminina num momento crítico em que as taxas de violência doméstica vêm disparando no país e em todo o mundo.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal