Investigação

Agentes de trânsito do Recife foram ajustar aliança com ourives, diz defesa, após divulgação de vídeo

A resposta da defesa foi feita depois da prefeitura do Recife anunciar a apuração do vídeo de uma suposta prática ilegal cometida por agentes de trânsito.

A defesa dos dois agentes da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) disse, nesta segunda-feira (15), que a situação mostrada na gravação foi o ajuste de uma aliança feito por um ourives.

O caso ficou conhecido após a prefeitura do Recife anunciar a apuração do vídeo de uma suposta prática ilegal cometida por agentes de trânsito. Pelas imagens, não foi possível ver o momento da entrega da aliança citada pelo denunciante.

No vídeo, os guardas conversam com o homem, que olha um anel no dedo de um deles. Depois, o homem e um guarda dão um aperto de mão, um abraço, e todos vão embora. 

De acordo com o advogado Johan Oliveira, da Associação dos Guardas Municipais do Recife, o caso ocorreu na manhã da sexta-feira (12), na Rua da Palma, no Centro da capital pernambucana.

“Um dos nossos agentes de trânsito tinha feito uma encomenda de aliança de noivado. A festa estava marcada para o sábado (13), mas foi adiada. Na sexta (12), ao provar a aliança, ele percebeu que estava apertada, então ele marcou com o ourives para fazer o ajuste”, disse Oliveira.

Agentes, Agentes de trânsito do Recife foram ajustar aliança com ourives, diz defesa, após divulgação de vídeo
Foto: Divulgação

Ver mais: 

>> Vídeo: João Campos determina investigação de suposto pagamento de propina para agentes da CTTU

Segundo a defesa, a negociação ocorreu num momento em que os dois agentes não estavam trabalhando.

“Foi o momento justamente de intervalo que ele tinha no trabalho”, afirmou o advogado.

A advogada de defesa do ourives, Isabella Pequeno Beltrão, declarou que o profissional estava prestando um serviço ao agente. As conversas e a negociação do ajuste foram registradas no WhatsApp, segundo ela.

“Houve uma tratativa durante o dia inteiro dele [agente da CTTU] ir passar lá para pegar a aliança. A única coisa que aconteceu no momento disponibilizado nos vídeos foi simplesmente a entrega”, contou Isabella.

A associação entrou em contato com a Corregedoria da CTTU para que os agentes se apresentem à prefeitura de forma espontânea.

“Também vamos procurar a Delegacia de Crimes Cibernéticos”, relatou Oliveira.

Entenda o caso:

Um vídeo que circula na internet mostra dois profissionais da prefeitura conversando com um homem de camisa azul e, segundo informações, o cidadão parou de fazer a compra, foi multado e entregou a aliança para que a multa fosse retirada. O caso, de acordo com a denúncia, aconteceu na Rua da Palma, no Centro do Recife.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal