Retomada

STF libera julgamento de Eduardo da Fonte e Ciro Nogueira, após dois anos

O caso está desde novembro de 2018 em razão de um pedido de vista de Gilmar Mendes.

O julgamento de uma denúncia contra o senador Ciro Nogueira e do deputado Dudu da Fonte, ambos do Progressistas, será retomado, após  dois anos e quatro meses paralisado no Supremo Tribunal Federal (STF), diz a Crusoé.

O caso está desde novembro de 2018 em razão de um pedido de vista de Gilmar Mendes.

Ciro, Dudu da Fonte e o ex-deputado Márcio Junqueira Pereira são acusados de tentar comprar o silêncio de José Expedito Rodrigues Almeida, ex-assessor do senador.

Na investigação, a Polícia Federal gravou em vídeo o momento em que Junqueira fazia entregas de dinheiro ao assessor.

Ver mais:

>> MP aprovada pela Câmara vai agilizar vacinação, diz Eduardo da Fonte

Denúncia

A PGR (Procuradoria-Geral da República) denunciou em 19 de junho de 2018, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) e o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE). Os congressistas foram denunciados por obstrução de justiça.

A denúncia (eis a íntegra) foi apresentada ao STF (Supremo Tribunal Federal). Mas, em novembro de 2018, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes pediu vista da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra eles pelo crime de embaraço à investigação criminal.STF, STF libera julgamento de Eduardo da Fonte e Ciro Nogueira, após dois anosSTF, STF libera julgamento de Eduardo da Fonte e Ciro Nogueira, após dois anos

De acordo com denúncia apresentada em junho pela ex-procuradora-geral da República, Raquel Dodge, os parlamentares teriam conhecimento de ameaças contra uma testemunha das investigações em curso no STF.

Segundo o inquérito, a testemunha chegou a prestar depoimentos à Polícia Federal (PF) e foi inserida no programa de proteção às testemunhas ameaçadas, além de receber R$ 5 mil para ficar em silêncio.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal