Água Preta

Justiça reconhece como legítima a vitória de Noé Magalhães

Ação de investigação eleitoral movida pelo candidato derrotado nas urnas foi julgada improcedente.

O prefeito de Água Preta, Noé Magalhães (PSB) obteve mais uma importante vitória. Desta vez diz respeito a uma Ação de investigação eleitoral movida pelo candidato derrotado nas urnas, que a Justiça Eleitoral proferiu sentença onde afirma que não  existe nenhuma prova suficiente para que se entendesse pela procedência da ação, confirmando ter sido legítima a vitória de Noé Magalhães para prefeito da Água Preta.

Veja trecho da decisão:

 

“tenho que as condutas imputadas aos investigados não desbordaram da intenção de promover eleitoralmente, por meio de propaganda, às suas candidaturas no município de Água Preta”.

Por esta decisão, o candidato derrotado nas urnas, perde também na justiça e Noé segue firme no seu mandato à frente da prefeitura municipal da Água Preta.

“Sempre estivemos muito confiantes. Confiantes em Deus, confiantes da Justiça. Fizemos uma eleição limpa e a população quis mudar, o povo já não aguentava mais. Os desmandos da gestão anterior são absurdos, os rombos nos cofres na prefeitura ultrapassam 40 milhões de reais, o povo não aguentava mais isso. Mas é pra frente que se olha, vamos resgatar nossa Água Preta, com o apoio do povo e fé em Deus, vamos fazer Água Preta voltar ao desenvolvimento”, disse Noé Magalhães.

Leia também:
>>>Em posse, Nóe Magalhães chega dirigindo ônibus: “Operação botando pra gerar”

A oposição entrou com ação judicial alegando ter Noé Magalhães abusado do poder econômico na campanha eleitoral, no entanto, ficou provado nos autos que inexistiu qualquer ilegalidade praticada por Noé Magalhães e foi confirmada a legalidade de sua vitória nas urnas.

Sobre o rombo deixado nos cofres da prefeitura, o prefiro informa que estará promovendo, através de sua procuradoria, ações de improbidade para responsabilizar os culpados e devolver os valores ao erário público.

“É preciso tratar a coisa pública com respeito, responsabilidade e honestidade. Estaremos promovendo ações judiciais e as denúncias cabíveis para responsabilizar os culpados. Quem tirou do povo terá que devolver”, disparou o prefeito.

Da redação do Portal com informações do Site Ponto de Vista 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal