Meio Ambiente

João reafirma compromisso com a sustentabilidade e enfrentamento das mudanças climáticas

No Seminário de Apropriação do Plano Local de Ação Climática da Cidade do Recife, realizado em parceria com o ICLEI, prefeito falou de medidas para eficiência energética.

Priorizando a pauta da sustentabilidade e do enfrentamento às mudanças climáticas, o prefeito João Campos, participou, nesta quinta (11), no Jardim Botânico do Recife, do Seminário de Apropriação do Plano Local de Ação Climática (PLAC) promovido pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMAS), em parceria com o ICLEI – Governos Locais Pela Sustentabilidade.

joão, João reafirma compromisso com a sustentabilidade e enfrentamento das mudanças climáticas
Gestor participou de Seminário de Apropriação do Plano Local de Ação Climática da Cidade. Foto: Rodolfo Loepert

No ato o prefeito destacou que o tema vai ser foco do planejamento e das políticas da Prefeitura ao longo dos próximos quatro anos de forma transversal em todas as áreas. Na ocasião, o ICLEI anunciou que o Recife vai sediar um escritório de trabalho do grupo voltado para todo o Nordeste e  a ampliação do projeto de eficiência energética em curso no Hospital da Mulher do Recife.

“Temos um compromisso efetivo com a pauta referente às mudanças climáticas e a preservação do meio ambiente. Hoje, tivemos uma reunião com o ICLEI, que é uma entidade de ordem global dos governos locais, responsável por discutir pautas de mudanças climáticas. A gente tem no Recife um plano avançado com diversas medidas e ações em andamento, em parceria com a ONU Habitat, com o ICLEI, com instituições internacionais, para a gente poder desenhar a nossa rota para o futuro, preservando o meio ambiente”, explicou João.

Leia também:
>>>João Campos garante “gestão mais eficiente e enxuta com uma economia de R$ 100 milhões”

“A gente fez hoje o anúncio da redução de R$ 100 milhões das despesas do município e nessas ações estão contidas planos de eficiência energética e de redução de uso de água nos equipamentos públicos. Uma ação simples, como a mudança de uma válvula redutora de vazão, pode reduzir em mais de 30% o gasto de água num prédio público, por exemplo. São ações como essas, que parecem simples, mas que modificam a realidade do meio ambiente, que a gente traz. É uma pauta que é do futuro para ser construída a partir do presente”, acrescentou o gestor.

joão, João reafirma compromisso com a sustentabilidade e enfrentamento das mudanças climáticas
João Campos caminhando com participantes do seminário. Foto: Rodolfo Loepert

Durante o Seminário, o secretário executivo para a América do Sul do ICLEI, Rodrigo Perpétuo, anunciou a criação de um núcleo, no Recife, onde serão desenvolvidos trabalhos para toda a região Nordeste.

“Nós entendemos que o trabalho que vem sendo desenvolvido aqui em Recife vai irradiar e vai inspirar também outras cidades e outros governos estaduais do Nordeste a seguir a mesma trilha de trabalhar pelo desenvolvimento sustentável”, comentou Perpétuo.

Ele lembrou ainda outras ações do Recife que se tornaram destaques.

“O segundo anúncio é a nossa parceria com a Celpe, com apoio da União Europeia, para uma intervenção que vem sendo construída desde 2020 para tornar o Hospital da Mulher uma referência em eficiência energética e portanto em redução de emissão de gases de efeito estufa. É um investimento de R$ 1,2 milhão para dar essa característica de eficientização plena do Hospital da Mulher”, explicou ele.

A parceria com a União Europeia permitirá ainda que o ICLEI faça uma intervenção no campo da educação ambiental, constituindo um centro de referência em educação para o enfrentamento às mudanças climáticas com foco e ênfase na questão da eficiência energética.

Já a vice-prefeita Isabela de Roldão reforçou que a agenda do ICLEI para discutir mudanças climáticas com os governos locais é de grande importância.

“A pauta da sustentabilidade é uma pauta de todas e de todos nós. Pequenas ações trazem grandes impactos para a gente e para o planeta: desde as opções que fazemos sobre a alimentação, como estabelecer a segunda sem carne, até esquecer os descartáveis e dar preferência à bicicleta sempre que possível, em vez do carro. Às vezes, a gente pensa que é algo distante, mas não é. A Prefeitura do Recife deu grandes passos e fez grandes avanços nesse sentido, mas vamos poder fazer muito mais, com o compromisso assumido por toda a gestão”, ressaltou.

Elaborado e lançado em 2020, o PLAC estabeleceu dois objetivos principais: reduzir as emissões de Gases de Efeito Estufa até 2050 e promover a adaptação e a resiliência do Recife às mudanças climáticas. Para atingir a meta, os gestores atuarão norteados em quatro eixos estratégicos: Energia, Saneamento, Mobilidade e Resiliência.

ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade é uma rede global de mais de 1.750 governos locais e regionais comprometida com o desenvolvimento urbano sustentável. Ativos em mais de 100 países, influenciamos as políticas de sustentabilidade e impulsionamos a ação local para o desenvolvimento de baixo carbono, baseado na natureza, equitativo, resiliente e circular.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Recife 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal