Neutro

ACM Neto: “DEM não é oposição, nem base de Bolsonaro”

Segundo o presidente do DEM a posição do partido é indefinida e pode ser de apoio a Jair Bolsonaro, Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB) ou Luiz Henrique Mandetta (DEM).

O presidente do DEM, ACM Neto, declarou que não é hora de discutir as eleições presidenciais de 2022. Segundo o ex-prefeito de Salvador a posição do partido é indefinida e pode ser de apoio a Jair Bolsonaro, Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB) ou Luiz Henrique Mandetta (DEM).

Após o ex-ministro Mandetta dizer, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que ACM Neto é “maria-mole” e cobrou uma definição do partido sobre a disputa.

“O Mandetta tem um pensamento, que não é o pensamento do partido. O Mandetta desejaria neste momento, imagino que ele desejaria ser oposição, o partido não é oposição. O pensamento dele não reflete o pensamento majoritário do Democratas”, disse o presidente do DEM.

Ver mais: 

>> ACM Neto diz que Rodrigo Maia foi ‘injusto’ e que o livrou de ‘vexame’

>> Após aliança desfeita, ACM Neto afirma que “Rodrigo Maia demonstra surpreendente descontrole”

>> Rodrigo Maia sobre ACM Neto: “Foi desleal, comigo e mostrou que não tem caráter”

“Quando deixo em aberto as possibilidades é porque a discussão não começou a acontecer ainda, essa é a questão. Não se pode cobrar posição do partido sobre um tema que ainda não foi discutido”, continuou.

Segundo ACM, a sigla também não vai aderir à base de Bolsonaro e vai adotar posição de independência e que o fato da maioria dos deputados do DEM apoiarem Arthur Lira (PP-AL), eleito presidente da Câmara com o esforço do governo, não significa necessariamente que o DEM vai estar com Bolsonaro em 2022.

“Hora nenhuma colocamos a eleição da Câmara sob a perspectiva de influência em 2022, hora nenhuma. Se alguém criou essa pretensão eu não participei disso”, explicou.

Em vídeo divulgados nas redes sociais, o presidente do DEM disse que a prioridade não deve ser as articulações para as eleições presidenciais de 2022, mas sim conter a pandemia do coronavírus.

Maia x ACM Neto

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, afirmou na terça-feira (9), que deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi “ingrato” e “muito injusto” ao criticar a postura da sigla na eleição do comando da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

O ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia criticou tanto o DEM, que afirmou ter ido para a “extrema-direita”, quanto ACM Neto, por quem disse ter sido ‘traído’.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal