Injustiça

ACM Neto diz que Rodrigo Maia foi ‘injusto’ e que o livrou de ‘vexame’

Maia e Neto vivem um momento conturbado após vários deputados do DEM declarem voto no candidato adversário de Maia na eleição da Câmara.

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, afirmou na terça-feira (9), que deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi “ingrato” e “muito injusto” ao criticar a postura da sigla na eleição do comando da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

O ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia criticou tanto o DEM, que afirmou ter ido para a “extrema-direita”, quanto ACM Neto, por quem disse ter sido ‘traído’.

Em entrevista à emissora Globo News, Neto declarou que Rodrigo sabia de seu trabalho para que o partido integrasse o bloco do candidato apoiado por Maia, o deputado Baleia Rossi (MDB-SP).

“Eu desejei que o partido integrasse o bloco do Baleia Rossi. Institucionalmente, trabalhei para isso, e Rodrigo sabe. Fizemos várias reuniões nessa direção, mas, infelizmente, e eu não posso ser maior do que o conjunto da bancada.”

Ver mais: 

>> Doria confirma convite para Rodrigo Maia integrar o PSDB

>> Após aliança desfeita, ACM Neto afirma que “Rodrigo Maia demonstra surpreendente descontrole”

>> Rodrigo Maia sobre ACM Neto: “Foi desleal, comigo e mostrou que não tem caráter”

ACM ainda chamou Maia de ‘injusto’ e disse que o livrou de um ‘vexame’.

“Rodrigo foi extremamente injusto, sobretudo comigo, afinal de contas, no domingo, véspera de eleição, haviam 16 dos 31 deputados com assinaturas colocadas para aderir ao bloco do Arthur Lira. Quem não permitiu que a bancada federal não aderisse a Arthur Lira fui eu. Convoquei a executiva nacional para tirar aquela postura de neutralidade como forma de assegurar a integridade e a unidade do partido e para evitar um vexame para o Rodrigo Maia.”

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal