Pedido

Presidente da Câmara do Ipojuca questiona gastos da Prefeitura com material gráfico durante pandemia

De acordo com o parlamentar, mais de R$ 2,2 milhões foram pagos a uma única gráfica pela Secretaria de Educação.

Chamou atenção do presidente da Câmara do Ipojuca, Deoclécio Lira (PSD), os gastos realizados pela Prefeitura, através da Secretaria de Educação com a prestação de serviços de confecção e fornecimento de materiais gráficos e serigráficos durante o exercício de 2020, ano em que o mundo vivenciou a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o parlamentar, mais de R$ 2,2 milhões foram pagos a um único fornecedor com esta finalidade, a gráfica Única, sediada no município de Olinda.

“É preciso que se esclareça todo esse valor gasto com material gráfico para alunos, que durante quase todo o ano assistiram aulas pela internet. Como parlamentar, é necessário fiscalizar os gastos do governo municipal durante a pandemia e iremos exigir a sua correta aplicação”, destacou o vereador, que analisa acionar os órgãos de controle para apuração do caso.

Presidente, Presidente da Câmara do Ipojuca questiona gastos da Prefeitura com material gráfico durante pandemia
Presidente da Câmara do Ipojuca questiona gastos da Prefeitura com material gráfico durante pandemia/ Foto: Divulgação

Ver mais: 

>> Prefeitura do Ipojuca emite nota sobre questionamento de orçamento por parte de vereadores

Outros gastos

Deoclécio tem dedicado boa parte de sua atuação parlamentar na fiscalização dos recursos públicos e está com uma lupa nas finanças do município.

Outro questionamento que tem realizado é sobre o contrato do município com a Agrotec Tecnologia em Agronegócio, empresa com sede no Recife que possui contrato em aproximadamente R$ 3,5 milhões.

A natureza do contrato, firmado com a Secretaria de Agricultura, dispõe sobre a aquisição de materiais agrícolas e entregas de kits para os trabalhadores rurais, como roçadeira, óculos, bota de proteção, dentre outros.

“Tenho circulado bastante pela zona rural de Ipojuca e por onde passo os moradores do campo afirmam que nunca viram estes equipamentos nos engenhos. Então, também estamos questionando a aplicação deste recursos”, finalizou.

Da redação do Portal com informações da Assessoria de Deoclécio Lira

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal