Ordem

Lira exonera 500 cargos comissionados; maioria indicados de Maia, sem concurso

Expectativa é de que, no próximos dias, os novos integrantes da Mesa Diretora indiquem outros nomes conforme preferência de cada um.

O presidente da Câmara, Arthur Lira, assinou na sexta-feira um ato na qual exonera cerca de 500 funcionários da casa.

O texto diz que “ficam exonerados ocupantes de cargos em comissão de natureza especial do quadro de pessoal da Câmara”, ressalvados os da estrutura originária dos gabinetes de lideres dos partidos, os de estrutura originária  das comissões permanentes, as gestantes e os que estiverem em férias.

O texto é assinado por Lira, mas por ser um ato da Mesa, também aparecem no documento os nomes de todos seus integrantes.

“Precisamos dar um freio de arrumação. São muito cargos vinculados a um órgão da Câmara e lotados em outro e nós precisamos ter uma radiografia”, disse a CNN o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos. 

Lira
Ato de exoneração da nova Mesa Diretora da Câmara Federal para o biênio 2021-2023. Imagem: Reprodução digital
Lira
Ato de exoneração da nova Mesa Diretora da Câmara Federal para o biênio 2021-2023. Imagem: Reprodução digital

Leia também:
>>> Rodrigo Pacheco e Arthur Lira defendem novo Auxílio Emergencial; veja posicionamento

No seu primeiro ato como presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), anulou a decisão de Rodrigo Maia (DEM-RJ), que aceitou o registro do bloco do candidato Baleia Rossi (MDB-SP) e convocou nova eleição.

O bloco foi registrado minutos após o fim do prazo determinado, mas acabou sendo aceito por Maia. Lira afirmou que isso causou “vício insanável” à eleição da Mesa.

Ele determinou que a SGM faça novo cálculo da proporcionalidade partidária desconsiderando o bloco e a nova eleição será realizada às 16h. O novo cálculo vai levar em conta o bloco que apoiou a candidatura de Lira e, separadamente, os demais partidos.

Deputado Arthur Lira na Câmara dos Deputados.
Deputado Arthur Lira na Câmara dos Deputados. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Eleição da Câmara

Com o apoio do presidente Bolsonaro, o deputado Arthur Lira (PP-AL), é o novo presidente da Câmara dos Deputados. O parlamentar foi eleito na segunda-feira, 1º de fevereiro, em primeiro turno, com 302 votos e comandará a Casa no biênio 2021-2022. Em segundo lugar ficou o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), com 145 votos. Bolsonaro, Com apoio de Bolsonaro e 302 votos, Arthur Lira é eleito presidente da Câmara dos DeputadosBolsonaro, Com apoio de Bolsonaro e 302 votos, Arthur Lira é eleito presidente da Câmara dos Deputados

Ao todo, 503 deputados votaram. Oito candidatos disputaram a eleição para o cargo de presidente da Câmara. Em seu primeiro ato como presidente, Arthur Lira anulou a votação dos demais cargos da mesa diretora. 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal