Opinião

Kim Kataguiri sobre fala de presidente: “Bolsonaro sabe que cloroquina mata”

Declaração do deputado federal é uma reação a posicionamento do chefe do executivo que sinalizou sobre possibilidade de hidroxicloroquina ser ineficaz contra o coronavírus.

Kim Kataguiri (DEM-SP), deputado federal, participou do quadro PapoAntagonista e afirmou que o presidente Bolsonaro sabe que a cloroquina mata.

O parlamentar reagiu após declaração em live do chefe do executivo da última quinta-feira, 4 de fevereiro, durante live transmitida nas redes sociais, que não se arrependerá de ter indicado a hidroxicloroquina contra a covid-19 mesmo que o medicamento se comprove cientificamente ineficaz contra a doença.

“Um agente público não pode promover o uso de um medicamento que não tenha comprovação científica. Sim, o Jair Bolsonaro matou brasileiros”, afirma Kim Kataguiri

leia também:

>>> Kim Kataguiri chama Bolsonaro de traidor, verme e quadrilheiro
>>> Kim Kataguiri chama Bolsonaro de corrupto, vagabundo e quadrilheiro

Kim Kataguiri chama Bolsonaro de traidor, verme e quadrilheiro
Deputado federal Kim Kataguiri. Foto: Viana/Câmara dos Deputados

Bolsonaro na live

“Tudo bem, paciência”, acrescentou sobre a possibilidade de ser comprovado que a hidroxicloroquina não tem o efeito desejado contra o coronavírus. “Me desculpa, tchau. Pelo menos eu não matei ninguém. Mas se lá na frente comprovarem [eficácia], você que criticou, parte da imprensa, vai ser responsabilizada”.

Segundo o Bolsonaro, o uso pode ser comprovado eficaz futuramente ou pode ser considerado placebo, mas que “se não faz mal, por que não tomar?”.

Kim na busca do impeachment de Bolsonaro

O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) afirmou que disputou a presidência da Câmara na forma de uma candidatura de protesto com pauta única: a defesa do impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Kim Kataguiri fez várias críticas a Bolsonaro. Destacou que, quando concorreu à presidência da Câmara na legislatura passada, Jair Bolsonaro criticou a atuação do Poder Executivo na época, mas agora, como presidente, faz o mesmo.

“O Executivo sempre interfere [na eleição para a Mesa Diretora], mas não podemos ter uma Câmara que não cria leis, que não representa os anseios do povo, que é submissa ao Judiciário”, leu o deputado, reproduzindo Bolsonaro.

Segundo Kim Kataguiri, o governo ofereceu a aliados cargos em órgãos públicos que administram R$ 110 bilhões em recursos. “Indiciados e réus, é na mão dessa gente que esses cargos se encontram hoje”, afirmou.

O deputado Arthur Lira (PP-AL) se tornou o novo presidente da Câmara dos Deputados para o biênio 2021-2022 com 302 votos. O deputado alagoano foi eleito na noite da segunda-feira, 1º de fevereiro, em primeiro turno.

Em segundo lugar na eleição, ficou o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), com 145 votos. Em seguida, aparecem Fábio Ramalho (MDB-MG), com 21 votos; Luiza Erundina (Psol-SP), com 16 votos; Marcel van Hattem (Novo-RS), com 13 votos; André Janones (Avante-MG), com 3 votos; Kim Kataguiri (DEM-SP), com 2 votos; e General Peternelli (PSL-SP), com 1 voto. Também foram registrados 2 votos em branco.

 

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal