Revolta

Pastor Júnior Tércio vai acionar Justiça para impedir aumento da passagem de ônibus

Vereador do Recife gravou um vídeo alegando ser um absurdo que reajuste seja aprovado em plena pandemia. Dias antes ele andou nos coletivos para registrar o sofrimento que a população enfrenta diariamente.

O vereador do Recife, Pastor Júnior Tércio gravou vídeo, no ônibus, dias antes da aprovação do aumento das passagens de ônibus no Grande Recife e mostrou pessoalmente a realidade diária de quem depende do transporte coletivo e questionou o reajuste das tarifas, durante a pandemia.

Na gravação, o Pastor enfatiza que o momento atual, não permite qualquer tipo de atualização de valores.

“Sabemos a situação em que se encontra o transporte coletivo. Ônibus superlotados, constantes atrasos e a péssima qualidade do transporte”, disse.

Nesta sexta-feira, 05 de fevereiro, o político voltou a se manifestar sobre o assunto e desta vez já com a confirmação do reajuste que passa a valer no próximo domingo, 7 de fevereiro.


“O povo não aguenta mais ser tão penalizado. Já não basta as dificuldades que a população vem passando por conta dos efeitos do Coronavírus, com a crise na economia e com o desemprego, aumento de passagem de ônibus nesse momento é inadmissível”, ressaltou o pastor.

Veja mais:
>> Aumento das passagens de ônibus no Grande Recife é aprovado em 8,7%; confira os novos valores

O parlamentar defende aumento do quantitativo de ônibus, em circulação para atender à população, assim como que operem com apenas 25% da capacidade de lotação, como uma alternativa de conter o avanço da Covid-19.

Pastor questiona aumento da passagem de ônibus no Recife
Ônibus no Recife/ Foto: Divulgação/Consórcio Grande Recife.

Por fim, o político enfatizou ser um absurdo que o a valor do anel B, por exemplo, custe R$ 5,10.que vai  “lutar” na Justiça para mudar essa realidade.

Horário Anel A Anel B Anel G
Horário Social* R$ 3,35 R$ 4,60  
Demais horários R$ 3,75 R$ 5,10 R$ 2,45

*Horário social = 9h às 11h e 13h30 às 15h30

Entenda

O Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) aprovou, nesta sexta-feira (5), durante reunião ordinária realizada de forma online, proposta de revisão tarifária.

Com a decisão, foi ratificada a criação de uma tarifa “horário social” de fora pico.

Das 9h às 11h da manhã e das 13h30 às 15h30 da tarde, a passagem ficará mais barata, passando dos atuais R$ 3,45 para R$ 3,35 no anel A, e de R$ 4,70 para 4,60 no Anel B.

Esse desconto se aplicará exclusivamente nos dias úteis e através do uso do VEM Comum. Seu objetivo é estimular o melhor escalonamento do uso do sistema, reduzindo a pressão no horário de pico, mantendo maior modicidade tarifária para seu usuário.

Nos demais horários, o anel A fica mais caro e passa a custar R$ 3,75 e o anel B R$ 5,10, refletindo percentuais de acréscimo de 8,7% e 8,5%, menores do que a inflação acumulada de 2019 e 2020, que foi de 9%. O anel G passa de R$ 2,25 para R$ 2,45 (aumento de 8,8%). 

Em 2020 não houve revisão tarifária. As mudanças passam a valer a partir do próximo domingo (7).

Apesar do reajuste, a Região Metropolitana do Recife segue com a 5ª tarifa mais barata do país (atrás de Maceió, Belém, São Luiz e Macapá) entre as capitais. Destas, apenas a capital alagoana já realizou revisão em 2021.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal