Reação

Marinaldo Rosendo alvo de investigação rebate PF e diz que não teve licitação em 2013 quando foi prefeito

O atual gestor municipal de Timbaúba explicou que a edificação em estilo de castelo, começou a ser construída em 2009 com recursos próprios e foi interrompida em 2015, mas, sem detalhar o motivo da não conclusão da obra.

Marinaldo Rosendo (PP), atual prefeito de Timbaúba e investigado por suspeita de crimes contra a administração pública e lavagem de dinheiro relacionados a contratos de fornecimento de medicamentos e material hospitalar no Município, entre 2013 e 2016, no valor total de R$ 7,9 milhões, emitiu nota rebatendo a Operação Desmame da Polícia Federal.

O gestor utilizou as redes sociais para alegar que não procede a informação de que no ano de 2013 aconteceu licitação na cidade.

Leia também: 
>>> Prefeito Marinaldo Rosendo, alvo da PF por lavagem de dinheiro construía um castelo em Timbaúba

De acordo com o político, a empresa que prestou serviço de fornecimento de medicamentos com recursos do SUS (Sistema Único de Saúde) se deu apenas a partir do ano de 2014, conforme o processo licitatório número 001/2014 e contrato numero 03/2014.

Ressaltou ainda que no período fiscalizado pelas autoridades, já não era mais o prefeito, pois ao final daquele primeiro ano de sua gestão, renunciou ao mandato para se dedicar ao processo eleitoral de 2014 para Câmara Federal.

Marinaldo Rosendo de Albuquerque, prefeito de timbaúba, vem a público informar que:

Sempre prezou pela lisura na gestão, pautado nos princípios da legalidade,moralidade, impessoalidade zelando pela coisa pública

A lisura e probidade de Marinaldo é tanta que ao final de 2012 por escritura pública, registrada em cartório realizou doação de 3.426.942,32 (três milhões quatrocentos e vinte e seis mil, novecentos e quarenta e dois reais e tinta em dois centavos) em favor da prefeitura municipal, a fim subsidiar a manutenção dos serviços públicos à população.

Ressalte-se ainda que no período fiscalizado Marinaldo já não era mais o prefeito, pois ao final de 2013 renunciou ao mandato para se dedicar ao processo eleitoral de 2014 para Câmara Federal.

Cumpre ainda salientar que a empresa que prestou serviço de fornecimento de medicamentos com recursos do SUS (Sistema Único de Saúde) se deu apenas a partir do ano de 2014, conforme o processo licitatório número 001/2014 e contrato numero 03/2014.

Assim sendo, o prefeito confirma que se encontra à disposição para contribuir com as investigações, principalmente a fim de trazer luz à verdade acerca de sua cabal inocência.

Por fim, ressalte-se que Marinaldo e um empresário de sucesso muito conhecido na região, inclusive já reconhecido como maior distribuidor de produtos Schincariol do Brasil, tendo sempre declarado seus bens por intermédio da declaração de imposto de renda, constando inclusive os imóveis de que é proprietário e também os que estão em fase de construção.

Atenciosamente,

Marinaldo Rosendo de Albuquerque
Prefeito de Timbaúba

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal