Compromisso

Alepe reafirma responsabilidade de gastos e redução de custos na volta das atividades

Presidente Eriberto Medeiros disse que dará continuidade às parcerias com os demais poderes e instituições, uma marca da sua gestão à frente da Casa.

Os problemas provocados pela disseminação do Coronavírus e as ações adotadas do Poder Legislativo e o Governo de Pernambuco para combater a pandemia tiveram destaque na sessão que marcou o retorno da Assembleia Legislativa (Alepe) na segunda-feira, 1º de fevereiro. Os integrantes da nova Mesa Diretora, eleitos em 2020, foram empossados durante a sessão remota, transmitida pela TV Alepe (canal 10.2). Essa é a 19ª legislatura estadual.

Em seu discurso, o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PP), agradeceu a seus pares pela recondução ao cargo, parabenizou a nova Mesa Diretora e enfatizou a necessidade de continuar prezando pela “eficiência do serviço público, responsabilidade de gastos e redução de custos”.

“A atuação do poder público é fundamental. É preciso escutar as pessoas, enfatizando as ações que aproximem o poder Legislativo da sociedade e ajudando na retomada da atividade econômica para melhorar a qualidade de vida das pessoas”, disse.

Segundo o presidente, a Alepe dará continuidade às parcerias com os demais poderes e instituições, reafirmando assim uma marca da sua gestão à frente da Casa.

“Essa tem sido a nossa marca, a de estreitar os laços e ampliar as parcerias com os demais poderes e instituições. É aqui que nascem as conquistas do povo. Quero reafirmar meu compromisso de contribuir para ajudar a vida da população”.

Após o discurso, Eriberto passou a condução dos trabalhos ao primeiro vice-presidente, o deputado Aglailson Victor (PSB). O governador Paulo Câmara foi representado pelo secretário da Casa Civil, José Francisco Cavalcanti Neto, que encaminhou à Alepe o relatório de ações do governo, relativo a 2020, e as estratégias para o quadriênio 2020-2023.

“Esse documento representa a prestação de contas à população pernambucana. Ao longo de 2020, trabalhamos para manter Pernambuco antenado com os desafios que se colocavam no cenário nacional, particularmente nesse momento de pandemia, que vem ceifando milhões de vida e desestruturando a economia de forma generalizada”, disse.

O líder da oposição, deputado Antônio Coelho (DEM), destacou a importância do trabalho da oposição, enfatizando só cumpre seu papel quando há um amplo debate na Casa.

“Vamos garantir um debate vigoroso, com direito ao amplo debate de ideias”, afirmou.

Já o líder do governo, deputado Isaltino Nascimento (PT), lembrou dos nove milhões de infectados pelo coranavírus no país e das quase 220 mil mortes.

“É como se a população de 27 municípios pernambucanos tivesse morrido. O ano de 2020 será lembrado como o mais difícil, marcado pela pandemia e ruptura do país. Tivemos recessão da economia, perdas de milhares de vidas e a loucura de um presidente. Temos uma longa jornada pela frente. Vamos dar fluxo às matérias de interesse dos pernambucanos”, prometeu.

Nesta terça (2) e quarta-feira (3) acontecem as reuniões das comissões permanentes da Casa e na quinta-feira (4) a primeira reunião plenária da 19ª legislatura estadual.

Leia também:
>>>Beto Accioly pode assumir mandato na Alepe; saiba o motivo

Nova Mesa

A nova Mesa Diretora da Alepe para o biênio 2021-2023 é formada pelo presidente Eriberto Medeiros (PP); primeiro vice-presidente, Aglailson Victor (PSB); segundo vice-presidente Manoel Ferreira (PSC); primeiro-secretário Clodoaldo Magalhães (PSB); segundo-secretário Cleiton Collins (PP); terceiro-secretário Rogério Leão (PR); quarto-secretário Alessandra Vieira (PSDB).

Nas suplências estão os deputados Antônio Fernando (PSC), Simone Santana (PSB), Joel da Harpa (PP), Dulci Amorim PT), Fabíola Cabral (PP) e Romero Albuquerque (PP).

Da redação do Portal com informações da Assembleia Legislativa de Pernambuco 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal