CPI

PT propõe CPI para investigar ações de Pazuello

O documento que pede a instalação da CPI tem a assinatura de toda a Bancada do PT na Câmara e também dos líderes dos partidos de Oposição na Casa, diz Gleisi

A presidente nacional do PT e vice-líder da bancada do partido na Câmara, deputada Gleisi Hoffmann (PR), apresentou um pedido de CPI para investigar os atos de omissão e irregularidades na condução da pandemia do coronavírus no Brasil pelo ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello. O documento que pede a instalação da CPI tem a assinatura de toda a Bancada do PT na Câmara e também dos líderes dos partidos de Oposição na Casa.

“Essa CPI vai investigar os crimes cometidos durante a pandemia contra a saúde pública e a vida das pessoas, a começar pela falta de oxigênio em Manaus e a inação do governo para resolver. Pazzuelo e Bolsonaro terão muito a se explicar”, justifica Gleisi Hoffmann.

Segundo informações divulgadas pela imprensa, o Ministério da Saúde soube com 10 dias de antecedência que faltaria oxigênio nos hospitais da capital amazonense e nada fez para evitar a tragédia. Na contramão do que era necessário, o Ministério da Saúde pressionou a rede pública do estado a adotar um alegado “kit de tratamento precoce”, com medicamentos como hidroxicloroquina e outros, reconhecidamente sem eficácia científica comprovada. A falta de oxigênio nos hospitais de Manaus causou a morte de dezenas de pacientes internados.

Veja Mais 

>>>PT, PCdoB, PDT, PSB, PSOL e Rede Sustentabilidade se unem em novo pedido de impeachment

Pedido de Impeachment

Os partidos de oposição ao governo de Jair Bolsonaro no Congresso Nacional protocolaram um pedido conjunto de impeachment do presidente da República. No documento dirigido ao atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), PT, PCdoB, PDT, PSB, PSOL e Rede afirmam que Bolsonaro não garantiu o direito da população à saúde, previsto na Constituição.

O pedido afirma ainda que Bolsonaro violou os princípios da dignidade da pessoa humana e da inviolabilidade do direito à vida. Segundo os líderes das siglas, a luta pelo impeachment prosseguirá independente de quem for eleito o novo presidente da Câmara na próxima segunda-feira (1°). Os favoritos são o bolsonarista Arthur Lira (PP-AL) e Baleia Rossi (MDB-SP).

Confira Documento abaixo

Impeachment-Bolsonaro-Atuação-na-Pandemia-Minoria_Oposição-27_01 (1)

Veja Mais

>>>Eduardo Cunha culpa Temer, Maia e Baleia Rossi por impeachment de Dilma

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal