Instruções

Ana Maria Braga ensina receita de leite condensado: “Ao invés de gastar R$ 15 milhões”

A apresentadora alfinetou o presidente Bolsonaro após a notícia de que o Governo gastou mais de R$ 15 milhões com leite condensado em 2020.

A apresentadora Ana Maria Braga da Rede Globo alfinetou na manhã desta quarta-feira (27) o presidente Jair Bolsonaro, após a notícia de um levantamento divulgado pelo Portal Metrópoles no domingo (25) que mostra que o governo federal gastou, entre outras coisas, R$ 15.641.777,49 com leite condensado apenas no ano de 2020.

“A pedidos: uma receita de leite condensado caseiro, pra você fazer ao invés de gastar R$ 15 milhões comprando”, escreveu Ana Maria Braga em suas redes sociais junto a um link com uma receita.

Ver mais: 

>> Após divulgação de gastos com alimentos, Portal da Transparência fica fora do ar

>> Secretário informa que gastos com alimentação englobam Exército e programas de assistência

>> Governo Bolsonaro gastou R$ 34,2 milhões com chicletes, pizzas e refrigerantes

Ana Maria ensinou a fazer o leite condensado no Mais Você desta quarta (27).

Gastos 

O Governo Jair Bolsonaro gastou mais de R$ 1,8 bilhão em compras só em 2020. O “carrinho” do governo federal tem de sagu a chicletes. O valor representa aumento de 20% em relação a 2019.

Em 2020, os órgãos sob comando do presidente Jair Bolsonaro gastaram pouco mais de R$ 5 milhões na compra da uva passa. O gasto (e o gosto) com o produto, questionável para alguns, não é nem 1% do valor total pago na compra de supermercado do governo, revela o Metrópoles.

Levantamento do (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, com base do Painel de Compras atualizado pelo Ministério da Economia, mostra que, no último ano, todos os órgãos do executivo pagaram, juntos, mais de R$ 1,8 bilhão em alimentos, um aumento de 20% em relação a 2019.

O valor gasto com leite condensado ultrapassa os R$ 15 milhões. Sorvete também está na lista das compras. No painel de compras, também é possível ver o valor gasto com doce em tablete.

Resposta 

O secretário de Comunicação Institucional do governo federal, Felipe Pedri, comentou a reportagem sobre as compras de produtos alimentícios efetuadas em 2020 por todos os órgãos do Executivo.

A matéria sobre as compras foi publicada pelo Metrópoles no último domingo (24), após o assunto virar o tema mais comentado do Twitter na terça-feira (26).

“A pior mentira é a mais perto da verdade, é neste sentido que parte do jornalismo brasileiro ludibriou a população ao sugerir gastos com alimentação como supérfluos, direcionando o ataque diretamente à figura do presidente. Os gastos com alimentação competem a uma extensa lista de servidores do Exército e até de programas assistenciais do governo”, postou o secretário.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal