Pernambuco

Paulo Câmara anuncia calendário do segundo pagamento do 13º do Bolsa Família

Pagamento do benefício referente ao ano de 2020, será realizado nos meses de fevereiro, março e abril deste ano, conforme cronograma do programa estadual.

Paulo Câmara (PSB), governador de Pernambuco, anuncia nesta terça-feira 26 de janeiro, às 11 horas da manhã, no Salão das Bandeiras, no Palácio do Campo das Princesas, o calendário de pagamento do 13º do Bolsa Família referente ao ano de 2020, que será realizado nos meses de fevereiro, março e abril deste ano, conforme cronograma do programa estadual.

Neste segundo ano de execução, o governo estadual, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, vai injetar aproximadamente R$ 150 milhões na economia pernambucana com a parcela extra do programa.

Leia também:
Calendário de pagamento do 13º do Bolsa Família de 2019

Pagamentos anteriores

Desde  fevereiro de 2020, o Governo de Pernambuco iniciou o pagamento da décima terceira parcela do Programa Bolsa Família, que concede anualmente uma parcela extra do benefício, de até 150,00 reais a mais para um milhão de famílias pernambucanas do Programa Federal.

O calendário do ano passado, entre os dias 12 e 14, 17 e 21 e 27 e 28 de fevereiro, receberam os nascidos nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. Em março, foi a vez dos nascidos em maio, junho, julho e agosto. Já em abril, quem nasceu em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Governador de Pernambuco, Paulo Câmara.
Governador de Pernambuco, Paulo Câmara. Foto: Divulgação

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, em Pernambuco, 1.125.559 famílias estavam aptas a receber  o valor, desde que cumprissem as diversas exigências do programa, entre elas fazer o cadastro do CPF na nota fiscal quando realizar compras nos mais de 14 mil estabelecimentos credenciados com nota eletrônica.

O reembolso pode chegar a até 5% do valor total das compras com a aquisição de itens de alimentação, medicamentos, material de higiene pessoal, material de limpeza, vestuário, calçado e gás de cozinha, não ultrapassando o limite de R$ 150,00.

Com o pagamento da parcela extra, o Governo do Estado injetou mais de 150 milhões na economia dos municípios pernambucanos, nos meses de fevereiro, março e abril.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal