Racionamento

Compesa aumenta rodízio de água em cidades do Grande Recife; veja calendário

Os ajustes no novo calendário começam a ser implantados a partir da segunda-feira, 25 de janeiro, de forma gradual. Alguns locais vão ficar 20 dias sem água e apenas um com abastecimento.

A Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento), comunicou, nesta sexta-feira 22 de janeiro, ampliação no rodízio de água em dez dos 14 municípios da Região Metropolitana do Recife, após registro de chuvas abaixo da média em 2020 e expectativa de manutenção do quadro até abril de 2021.

As modificações serão na cidade do Recife, Igarassu, Abreu e Lima, Paulista, Olinda, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Moreno, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho. O período que costuma ser seco deve ser ainda mais seco, segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

Algumas áreas que tinham abastecimento todos os dias vão entrar em rodízio, enquanto outras vão ficar sem receber água por até 20 dias (confira a lista completa logo abaixo). Os ajustes no calendário começam a ser implantados a partir da segunda-feira, 25 de janeiro.

“Para fevereiro, março e abril, se manteve uma previsão de chuva abaixo da média climatológica. Já estamos em um período de não ter previsão de muita chuva, porque estamos fora do período chuvoso”, explicou a diretora de regulação e monitoramento da Apac, Crystianne Rosal.

Leia também:
Áreas da RMR atendidas pelo Sistema Tapacurá voltam a ser abastecidas nesta quinta (14)

Compesa e a Barragem Botafogo
Barragem Botafogo, localizada em Igarassu, no Grande Recife. Foto: Reprodução/TV Globo

De acordo com o diretor técnico e de engenharia da Compesa, Flávio Figueiredo, esse calendário deve ser mantido por tempo indefinido para preservar os mananciais. Qualquer mudança vai depender de análises da Apac.

“As expectativas são que, quando essas chuvas chegarem, nós possamos reduzir esse calendário”, afirmou.

A presidente da Compesa, Manuela Marinho, afirmou que um investimento imediato de R$ 19,6 milhões deve ser realizado, além de um de longo prazo com R$ 320 milhões, para construção de novas redes, aumento de produção e melhorias operacionais.

Compesa mostra Barragem de Tapacurá.
Barragem de Tapacurá. Foto: Compesa/Divulgação

Reativação e perfuração de mais poços estão entre os projetos para melhoria do abastecimento, com expectativa de que eles possam fornecer 550 litros de água por segundo. Além disso, a Compesa afirmou que vai reforçar os carros-pipa, entre outras iniciativas.

Confira o novo calendário de racionamento de água

Deixa o abastecimento diário e passa para um dia com água e outro sem:
  • Cabo de Santo Agostinho: Garapu, Cohab, Vilas Sociais, Pista Preta, Vila Pirapama.
  • Recife: Prado (parte), Mustardinha, Ilha do Leite, Madalena, Torre (parte), Graças, Coelhos, Paissandu, Boa Vista, Espinheiro (parte), Aflitos (parte), Santo Amaro, Recife Antigo, Tacaruna, Zumbi (parte) e Vila Santa Luzia.
Deixa o abastecimento diário e passa para um dia com água e dois sem:
  • Recife: Linha do Tiro, Beberibe, alto Santa Terezinha, Água Fria, Bomba do Hemetério, Alto do Deodato, Alto José Bonifácio, Alto do Pascoal, Fundão, Porto da Madeira, Cajueiro, Hipódromo, Encruzilhada, Torreão, Campina do Barreto, Arruda, Espinheiro (parte), Junqueira, Tamarineira (parte), Rosarinho (parte), Parnamirim (parte), Aflitos (parte), Ibura e UR3.
Deixa o abastecimento diário e passa para dia com água e cinco sem:
  • Recife: Engenho do Meio, Cidade Universitária, Várzea, Cordeiro, Caxangá, Jardim Petrópolis, Loteamento Novo Caxangá, Iputinga, Nova Morada, Vila Felicidade, Monteiro, Apipucos, Jaqueira, Tamarineira (parte), Rosarinho (parte), Parnamirim (parte), Aflitos (parte), Dois Irmãos, Casa Amarela, Casa Forte, Poço da Panela, Santana, Monteiro, Alto Santa Isabel, Mangabeira, Alto do Mandu, Prado (parte), San Martin, Mangueira, Bongi, Jiquiá e Vietnã.
Deixa o abastecimento diário e passa para 16 horas com água e 24 horas sem:
  • Cabo de Santo Agostinho: Alto Cruzeiro e Charnequinha.
Deixa o abastecimento diário e passa para 36 horas com água e 36 horas sem:
  • Cabo de Santo Agostinho: Cidade Jardim, Pontezinha, Ponte dos Carvalhos, Itapuama e Paiva.
Deixa o abastecimento de 12h com água e 36h sem água e passa para 12h com água e 72h sem:
  • Jordão e Jardim Jordão.
Deixa o abastecimento de um dia com água e quatro sem e passa para um dia com água e sete sem:
  • Olinda, Paulista, Abreu e Lima e Igarassu.
Deixa o abastecimento de dois dias com água e quatro sem e passa para dois dias com água e nove sem:
  • Moreno
Deixa o abastecimento de um dia com água e seis sem e passa para um dia com água e 10 sem:
  • São Lourenço da Mata
Deixa o abastecimento de um dia com água e seis sem e passa para um dia com água e 15 sem:
  • Camaragibe
Deixa o abastecimento de um dia com água e 15 sem e passa para um dia com água e 20 sem:
  • Jaboatão dos Guararapes: Engenho Velho, Santo Alemão, Fazenda Suassuna, Centro de Jaboatão, Bela Vista, Alto da Fábrica, Alto do Raposo, Multifabril, Vila Piedade, Lote 23, Vila Natal, Artur Xavier, 21 de Abril, Hermes da Fonseca, Bom Sucesso, Carlos Pinto, Nossa Senhora dos Prazeres, Alto do Vento, Marechal Rondon, Quitandinha, Alto Santa Rosa e Vila Rica.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal