Fiscalização

Procon-PE interdita quatro estabelecimentos em ação conjunta no RMR

A operação contou com a ajuda de equipes da Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros (CBPM) e Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa).

O Procon-PE, juntamente com as equipes da Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros (CBPM) e Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), fiscalizou na noite deste sábado, 16 de janeiro, dez estabelecimentos, cinco no Recife e Olinda e cinco em Camaragibe, dois deles foram interditados pelo Corpo de Bombeiros.

O Boteco do Carangueijo, no Janga, foi interditado pela corporação por não apresentar atestado de regularidade e constar instalação de gás irregular. Em Camaragibe, o Espetinho da Gabi foi interditado também pelo CBPM por não constar sistema de prevenção contra incêndios.

Dessa ação participaram ainda a Guarda Municipal, Controle Urbano Municipal e o Batalhão de Trânsito, todos do município.

Na sexta-feira, 15 de janeiro, a ação conjunta na Região Metropolitana do Recife, resultou na interdição do Seu Tito Boteco, no bairro de Santana. Pelo Procon/PE, a penalidade foi aplicada por desrespeitar protocolos de prevenção do novo coronavírus.

Leia mais:
>>> Procon interdita Winner Sports Bar por realizar festa com mais de 300 pessoas

Já o CBPM o interditou por apresentar plano de incêndio vencido desde outubro de 2019.  As fiscalizações no domingo, 17 de janeiro, ocorreram em 13 bares e similares do Bairro do Recife, sem interdições.

O Procon/PE já fiscalizou cerca de 350 bares e restaurantes e interditou 26, somando R$ cerca de 500 mil em multas. A ação, em conjunto com outros órgãos, visa ao cumprimento dos protocolos de prevenção da Covid-19 determinados pelo Governo do Estado.

Da redação do Portal com informações do Procon-PE

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal