Declaração

Governador do Amazonas responsabiliza população e empresas por colapso em Manaus

Em entrevista, o gestor estadual disse que o Governo Federal tem sido um grande parceiro no combate à Covid-19.

O governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, disse em entrevista, que o Governo Federal tem sido um grande parceiro no combate à Covid-19 no Estado. Na conversa, o gestor estadual também apontou como causas do colapso na rede pública de saúde, a postura da população e das empresas que fornecem o oxigênio para as unidades hospitalares. Lima também disse que o Amazonas “se preparou em tudo o que era possível”.

“Não adianta só um ente fazer a sua parte se toda a sociedade não estiver envolvida nesse processo, vai ser enxugar gelo. A gente vai estar o tempo todo abrindo leitos hospitalares e o tempo todo esses leitos vão estar sendo ocupados”, afirmou o governador do Amazonas. “Veja o que aconteceu agora, em relação às festas clandestinas. As pessoas ali na balada, bebendo, usando às vezes o mesmo copo, aquele copo que passa de boca em boca, e aí essa pessoa acaba levando o vírus para sua casa”, afirmou.

O governador também disse em entrevista ao Site Metrópoles, que tomou medidas contra as empresas que fornecem o oxigênio para as unidades hospitalares de Manaus. O gestor quer que os mesmos sejam responsabilizados.

“O estado do Amazonas se preparou em tudo aquilo que era possível. Eu recebi o comunicado de que faltaria oxigênio efetivamente, que as empresas não teriam condições de abastecer na quantidade que a gente necessitava, durante a madrugada. E disseram que dali cinco horas teria hospital sem abastecimento”, disparou.

Confira a entrevista:

A cidade de Manaus, no Amazonas, sofre com o colapso no Sistema de Saúde. Durante a semana, unidades hospitalares que recebem pessoas que estão com a doença, registraram falta de oxigênio. Com a situação, outros Estados brasileiros estão recebendo pacientes para realizar o tratamento.

Leia também:
>>>João Amoêdo pede Impeachment de Bolsonaro depois do colapso no Amazonas

Crise no Amazonas

Com o agravamento da pandemia no estado do Amazonas, região Norte do Brasil, o chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza anunciou na última quinta-feira, 14 de janeiro, que o país vai disponibilizar de forma imediata oxigênio para as unidades hospitalares de Manaus.

O anúncio da doação foi feito nas redes sociais. Durante a semana, o sistema de Saúde de Manaus entrou em colapso, faltando oxigênio nos pontos onde estão sendo tratados os casos de Covid-19.

Além do anúncio da doação, o governo da Venezuela prestou solidariedade acima de tudo.

“Por instruções do Presidente Nicolás Maduro, Conversamos com o Governador do Estado do Amazonas, Brasil, Wilson lima disponibilizar imediatamente o oxigênio necessário para atender o contingente de saúde em Manaus. Solidariedade latino-americana acima de tudo!”, afirmou.

 

 

Após a publicação da Venezuela, o governador do Estado do Amazonas expressou um sentimento de gratidão e agradeceu a solidariedade dos venezuelanos. Wilson Lima repostou a publicação dizendo: “O povo do Amazonas agradece!”

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal